Café: Arábica e conilon mantém cenário de alta e recuperam parte das baixas nesta 4ª feira

Publicado em 08/12/2021 12:25 323 exibições

Logotipo Notícias Agrícolas

O mercado futuro do café arábica segue operando com valorização para os principais contratos no pregão desta quarta-feira (8) na Bolsa de Nova York (ICE Future US). + Chuva alaga áreas do conilon no Espírito Santo e fecha estradas no Sul da Bahia: Danos na produção sendo contabilizados

O mercado recupera parte das baixas registradas durante o último pregão e no Brasil, analistas mantêm a projeção de preços firmes para o café mesmo após o retorno das chuvas. O setor agora torce para que as chuvas continuem regulares nos próximos três meses para não comprometer a fase de enchimento de grãos da safra 22. 

Por volta das 12h20 (horário de Brasília), março/22 tinha alta de 225 pontos, negociado por 245,45 cents/lbp, maio/22 tinha alta de 220 pontos, valendo 244,80 cents/lbp, julho/22 tinha alta de 210 pontos, valendo 243,60 cents/lbp e setembro/22 tinha alta de 285 pontos, valendo 242,30 cents/lbp. 

Na Bolsa de Londres, o café tipo conilon também segue operando com valorização. Março/22 tinha alta de US$ 26 por tonelada, valendo US$ 2299, maio/22 tinha alta de US$ 28 por tonelada, cotado a US$ 2266, julho/22 tinha alta de US$ 26 por tonelada, valendo US$ 2257 e setembro/22 tinha alta de US$ 13 por tonelada, valendo US$ 2240. 

Também neste horário, o dólar registrava queda de 1,17% e era negociado por R$ 5,55 na venda. "O dólar recuava ligeiramente contra o real nesta quarta-feira, embora tenha chegado a apresentar leve alta mais cedo, com dados domésticos mais fracos do que o esperado dividindo atenções com a reunião de política monetária do Banco Central e o acordo no Congresso para fatiar a PEC dos Precatórios", destacou a agência de notícias Reuters. 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário