Café: Bolsas de Londres e Nova York têm dia de tranquilidade e encerram com ajustes técnicos

Publicado em 08/12/2021 17:09 239 exibições

Logotipo Notícias Agrícolas

O mercado futuro do café arábica encerrou as negociações desta quarta-feira (8) com ajustes técnicos para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). "Os preços do café na quarta-feira se estabilizaram moderadamente mais altos e se mantiveram logo abaixo das máximas de 10 anos de terça-feira", afirma a análise internacional do site Barchart. 

O mercado teve um dia de ajustes nos preços depois de atingir a máxima em dez anos no início da semana. No pregão anterior, as cotações recuaram mais de 2% no mercado futuro. Março/22 teve alta de 90 pontos, negociado por 244,20 cents/lbp, maio/22 teve valorização de 105 pontos, valendo 243,65 cents/lbp, julho/22 registrou alta de 95 pontos, valendo 242,45 cents/lbp e setembro/22 registrou alta de 95 pontos, negociado por 240,40 cents/lbp. 

Em Londres, o café tipo conilon também encerrou com ajustes nos preços. Março/22 registrou alta de US$ 22 por tonelada, valendo US$ 2295, maio/22 teve alta de US$ 21 por tonelada, negociado por US$ 2259, julho/22 teve valorização de US$ 20 por tonelada, cotado a US$ 2251 e setembro/22 teve alta de US$ 20 por tonelada, valendo US$ 2247. 

No Brasil, as condições climáticas continuam trazendo problemas para o setor. Chuvas volumosas atingiram entre ontem e hoje as áreas de produção de café tipo conilon no Espírito Santo e na Bahia. As imagens chamam  atenção, mas de acordo com produtores só será possível quantificar os danos nos próximos dias. + Chuva alaga áreas do conilon no Espírito Santo e fecha estradas no Sul da Bahia: Danos na produção sendo contabilizados

Já para o café tipo arábica, Guy Carvalho destacou, em entrevista ao Notícias Agrícolas, que mesmo após o retorno das chuvas o produtor continua encontrando muitas dificuldades na safra 22. Apesar de ainda não ser possível quantificar o tamanho da quebra, o cenário ainda é de alerta. O setor agora torce para que as chuvas continuem regulares nos próximos três meses para não comprometer a fase de enchimento de grãos da safra 22.  Além disso, destacou que o produtor precisa estar atento aos tratos culturais já visando as safras de 2023 e 2024. 

No Brasil, o dia também foi marcado por leves variações nas principais praças de comercialização do país. 

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve queda de 0,33% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 1.490,00, Poços de Caldas/MG teve baixa de 0,68%, valendo R$ 1.470,00, Araguarí/MG registrou baixa de 1,36%, valendo R$ 1.450,00 e Varginha/MG registrou valorização de 0,99%, negociado por R$ 1.525,00. 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário