Café abre 3ª feira se recuperando das baixas em Nova York e Londres

Publicado em 11/01/2022 08:22 401 exibições

Logotipo Notícias Agrícolas

O mercado futuro do café arábica abriu o pregão desta terça-feira (11) com valorização para os principais contratos e recuperando parte das baixas registradas na última sessão na Bolsa de Nova York (ICE Future US). 

Por volta das 08h20 (horário de Brasília), março/22 tinha alta de 130 pontos, negociado por 236,20 cents/8lbp, maio/22 tinha alta de 135 pontos, cotado por 236,30 cents/lbp, julho/22 tinha alta de 175 pontos, valendo 236,40 cents/lbp e setembro/22 tinha valorização de 185 pontos, cotado por 236,05 cents/lbp. 

Na Bolsa de Londres, os contratos também voltaram a subir nesta manhã. Março/22 tinha alta de US$ 8 por tonelada, valendo US$ 2268, maio/22 tinha alta de US$ 3 por tonelada, cotado por US$ 2214, julho/22 tinha valorização de US$ 9 por tonelada, negociado por US$ 2210 e setembro/22 tinha alta de US$ 8 por tonelada, valendo US$ 2206. 

No Brasil, analistas mantêm a tendência de preços firmes para o café no médio prazo, mas a volatilidade não está descartadas principalmente no momento em que o mercado mantém as atenções no avanço da contaminação da Covid-19. Além disso, segundo Haroldo Bonfá, o setor aguarda pelos dados do Cecafé referentes aos embarques do mês de dezembro. 

"Esse número do Cecafé é esperado bem menor do equivalente ao ano passado, no entanto, deve ser acima de três milhões de sacas. Esse número é muito, muito importante para a definição dos próximos meses. Para entender como que nós vamos ter café para atender essa demanda permanente lá fora, principalmente na Europa e Estados Unidos", afirma o especialista. 

Leia mais:

+ Café: "Número do Cecafé será muito importante para definição dos preços nos próximos meses", afirma analista

MERCADO INTERNO - ÚLTIMA SESSÃO

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve queda de 1,32% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 1.490,00, Poços de Caldas/MG teve baixa de 0,69%, valendo R$ 1.430,00, Varginha/MG teve queda de 0,65%, valendo R$ 1.520,00, Campos Gerais/MG teve baixa de 1,32%, valendo R$ 1.493,00 e Franca/SP teve queda de 1,30%, valendo R$ 1.520,00. 

O tipo cereja descascado teve queda de 1,25% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 1.580,00, Poços de Caldas/MG teve queda de 0,65%, valendo R$ 1.520,00 e Varginha/MG teve baixa de 0,63%, valendo R$ 1.570,00.

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário