Após abrir com estabilidade, café volta a subir mais de 100 pontos em Nova York

Publicado em 18/03/2022 13:26

Logotipo Notícias Agrícolas

O mercado futuro do café arábica, que iniciou o dia com ajustes técnicos, voltou a subir mais de 100 pontos no pregão desta sexta-feira (18) na Bolsa de Nova York (ICE Future US).  O mercado de café teve uma semana de volatilidade intensa diante das preocupações sem um cessar-fogo no Leste Europeu.

Leia mais:

+ Impactos da guerra: Negócios da indústria de café solúvel estão praticamente paralisados há mais de 20 dias para o Leste Europeu

Por volta das 13h23 (horário de Brasília), maio/22 tinha alta de 165 pontos, negociado por 217,75 cents/lbp, julho/22 tinha valorização de 120 pontos, cotado por 217,20 cents/lbp, setembro/22 tinha alta de 115 pontos, valendo 216,35 cents/lbp e dezembro/22 tinha valorização de 75 pontos, cotado por 214,15 cents/lbp. 

Em Londres, o café tipo conilon avançava 1,64% neste mesmo horário. Maio/22 tinha alta de US$ 35 por tonelada, cotado por US$ 2174, julho/22 tinha alta de US$ 28 por tonelada, negociado por US$ 2140, setembro/22 tinha valorização de US$ 24 por tonelada, valendo US$ 2124 e novembro/22 tinha alta de US$ 24 por tonelada, cotado por US$ 2111.

Também neste horário, o dólar tinha queda de 0,56% e era negociado por R$ 5,01 na venda. O dólar em queda pode dar suporte de alta para os preços nas bolsas. "A perda de força do dólar no exterior se estendia às operações locais, e a moeda norte-americana aqui abandonou a alta de mais cedo e passou a cair nesta sexta-feira, indo a 5,01 reais na mínima, com investidores tentando avaliar os impactos dos desenvolvimentos nos mercados nos últimos dias", destaca a agência de notícias Reuters. 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário