Café em Nova York fecha em forte alta com influência do dólar

Publicado em 22/07/2010 19:21 268 exibições
Os preços do café na bolsa ICE Futures US, em Nova York, foram influenciados pela queda do dólar e apresentaram forte valorização. O contrato mais negociado, com vencimento em setembro, saltou 440 pontos ou 2,80% e fechou a 161,70 cents/lb. A máxima da sessão foi a 161,95 cents/lb. 

As commodities foram sustentadas pela desvalorização do dólar frente a uma cesta de moedas. O mercado acionário registrou ganhos expressivos na medida em que os investidores receberam dados melhores do que o esperado sobre imóveis residenciais nos Estados Unidos e sobre a melhora do cenário econômico na Europa.

Analistas afirmam que a oferta de café arábica continua pequena no curto prazo, por conta do clima adverso e da quebra nas últimas safras da Colômbia e da América Central. Informações divulgadas pela Federação Nacional de Cafeicultores da Colômbia (Fedecafé), a produção do país no segundo semestre deste ano deve alcançar 6 milhões de sacas, ante 4 milhões de sacas no primeiro semestre. Para a entidade, o mercado deve assimilar esse aumento da produção sem grande impacto sobre os preços, pois a demanda segue forte. A Colômbia é o maior produtor mundial de café arábica suave e lavado.

Tags:
Fonte:
Redação NA

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário