INTERNACIONAL: Safra do Vietnã pressiona preços do café em Londres

Publicado em 04/10/2010 16:28
390 exibições
Os futuros do açúcar VHP caíram e atingiram seu menor nível em quase duas semanas por conta do alívio sob preocupações de que a seca poderia prejudicar a safra no Brasil, que é o se maior produtor mundial. O produto está se encaminhando para seu quarto declínio seguido, o mais longo desde maio. A commodity, no entanto, já subiu 43% nos últimos cinco meses.

Na última semana choveu na maioria das regiões brasileiras produtoras de cana de açúcar e mais chuvas são esperadas para esta semana, afirmou o meteorologista especializado em agricultura da MDA EarthSat. Do InMet, Expedito Rebello disse ainda que a precipitação deverá ajudar as colheitas quatro meses depois da estiagem. As condições climáticas brasileiras são boas para o próximo ano, disse o analista Peter de Klerk, da Czarnikow Sugar Ftures Ltd.

Queda do café

O café robusta caiu e atingiu seu menor valor em quase seis meses em Londres com melhores estimativas para a safra no Vietnã, o maior produtor da variedade, reduzindo a preocupação de que os estoques poderiam ser menores do que a demanda.

A colheita do Vietnã deverá totalizar cerca de 20 milhões de sacas, o mesmo volume do ano anterior, de acordo com a analista da Coffee Network, Andrea Thompson. Isso resultaria em um excedente de 2 milhões de sacas nos estoques mundiais de robusta.

Este é um fator negativo. Este será o terceiro ano consecutivo de excedente nos estoques de robusta, disse Thompson.

Com informções da Bloomberg
Tags:
Fonte: Redação NA

Nenhum comentário