Cafeicultores fundam entidade nacional a Associação Brasileira das Origens Produtoras de Café

Publicado em 26/04/2011 14:12 360 exibições
Na segunda semana de abril (2011) os cafeicultores  brasileiros ganham uma entidade nacional de representação da classe produtora a Associação Brasileira das Origens Produtoras de Café, formada por 8 origens produtoras de café do Brasil, tendo na presidência de José Augusto Rizental, que é engenheiro agrônomo e atual superintendente da Federação dos Cafeicultores do Cerrado, a nova entidade já conta com o apoio da ApexBrasil, SEBRAE e do Ministério da Agricultura.

Segundo Rizental a entidade vem cobrir uma lacuna que era a falta de representação nacional da classe produtora de café.  A entidade pretende implantar uma  estratégia com apoio do SEBRAE para divulgar o café do Brasil levando a promoção das origens produtoras de forma ampla.

Uma das ações que a nova entidade pretende é a busca da padronização do Café Brasileiro que é exportado. Hoje o comprador ao adquirir o Café Brasileiro está comprando uma caixinha de surpresa, não se sabe bem o que está comprando, mesmo o Brasil produzindo cafés de altíssima qualidade, precisa existir uma padronização, afirma Rizental.

O Brasil está dividido em 12 origens produtoras de café destas 8 origens foram as fundadoras desta nova entidade nacional, a Associação Brasileira das Origens Produtoras de Café  que está aberta para a adesão das demais regiões produtoras que ainda não fazem parte da entidade.

Tags:
Fonte:
Revista Cafeicultura

0 comentário