Carne tem de passar de commoditie a produto diferenciado, diz pesquisador

Publicado em 27/11/2012 14:13 367 exibições
Seminário em Campo Grande discute como agregar valor a carne bovina.
A carne bovina brasileira tem de passar de uma commoditie para um produto diferenciado, com alto valor agregado. Esse é o grande desafio da atividade para os próximos anos. A avaliação foi feita nesta segunda-feira (26) durante o 1º Seminário sobre Potencialidades de Agregação de Valor na Cadeia Produtiva da Pecuária de Corte no Mato Grosso do Sul (Origem 2012), pelo pesquisador da Embrapa Gado de Corte, Guilherme Malafaia. Malafaia disse, com base em dados do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) e da Scot Consultoria, que nos últimos dois anos o Brasil foi o grande exportador de carne bovina no mundo e que apesar de ser um dos principais "players" desse mercado, o total vendido para o exterior em 2010, por exemplo, 1,5 milhão de toneladas, representou apenas 16,5% do total produzido pelo país, que chegou a 9,1 milhões de toneladas. A maior parte dessa carne, 7,6 milhões de toneladas (83,5%) foi destinada ao mercado interno. 

Veja a notícia na íntegra no site do Agrodebate
Tags:
Fonte:
Agrodebate

0 comentário