Sequência de baixas é interrompida no atacado de carne bovina sem osso

Publicado em 02/12/2016 07:08
36 exibições

Há seis semanas o mercado de carne bovina sem osso não parava de cair, acumulando 3,7% de desvalorização neste período.

O comportamento dos últimos sete dias quebrou essa sequência ruim e veio com alta de 1,0%, a primeira do último bimestre do ano, famoso período de alta no consumo de carne.

O pagamento da primeira parcela do décimo terceiro, cujo prazo máximo para depósito foi o dia 30 de novembro, e o início de mês também ajudaram.

Ainda assim, em média, os cortes de traseiro são vendidos por um preço 2,0% menor que o de um ano atrás.

O contra filé, por exemplo, teve sua cotação reduzida em quase 10,0% no período.  A carne de dianteiro está 2,2% mais “barata”.

Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário