Grupo do Brasil não completa cota de exportação de carne bovina para EUA

Publicado em 04/01/2017 06:08
129 exibições
Por Mauro Zafalon, coluna Vaivém das Commodities

O Brasil terá chance de abocanhar uma parte maior nas exportações de carne fresca bovina para os Estados Unidos neste ano.

O grupo de países do qual o Brasil pertence completou apenas 76,5% da cota que tinha direito de exportações para os Estados Unidos no ano passado.

O Brasil não tem uma cota específica como Austrália, Argentina e Uruguai, mas está incluído em um grupo denominado "outros", onde estão listados vários países.

O volume liberado pelos Estados Unidos com taxas favoráveis de importação para esse grupo é de 64,8 mil toneladas. Desse volume, apenas 49,6 mil toneladas foram enviadas para o mercado norte-americano no ano passado.

As exportações podem superar o volume determinado pelas cotas, mas terão taxas mais elevadas na hora da entrada do produto em território dos Estados Unidos.

Leia a notícia na íntegra no site Folha de S.Paulo.

Fonte: Folha de S.Paulo

0 comentário