Exportações de carnes 'in natura' alcançam US$ 1 bilhão em janeiro

Publicado em 02/02/2017 15:04

Os dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, divulgados na quarta (1), consolidaram o bom desempenho das carnes em janeiro.

As receitas dos três tipos (suína, bovina e de frango) somaram US$ 1 bilhão, 31% mais do que no início do ano passado.

As carnes bovina e de frango tiveram aumento médio de 13% neste início de ano no volume exportado, em relação a janeiro do ano passado. Mas, o destaque mesmo ficou com o suíno, que apresentou valorização de 60% em relação a 2016.

Em um período como de lento escoamento das carnes no mercado interno, as exportações são fundamentais para o controle dos estoques, limitando as quedas de preços.

Carne suína - As exportações de carne suína 'in natura' do Brasil fecharam janeiro com volume de 54,5 mil toneladas. O resultado se mostra 60% acima do igual período de 2016 e 27,6% superior ao mês anterior.

Na receita o valor alcançado foi de US$ 124,7 milhões, com a média da tonelada em US$ 2.286,4.

Frango - As exportações de carne de frango 'in natura' em janeiro atingiram bom patamar para o período. O volume ficou apenas 0,4% abaixo dos embarques em dezembro, totalizando 325,4 mil toneladas. Na compara com janeiro/16 avanço foi de 3,3%.

Em receita o acumulado foi de US$ 524,5 milhões, com valor da tonelada em US$ 1.611,9 milhão. O resultado representa um crescimento de 5,2% frente ao mês anterior e, 23,4% na comparação com o igual período de 2016.

Carne bovina - Os embarques de carne bovina 'in natura' no mês anterior totalizou 87,0 mil toneladas com média diária de 4,0 mil toneladas. Em relação ao mesmo período do ano passado, a alta foi de 11,7% no volume exportado e de 15,7% no faturamento total. Em relação a dezembro/16, o volume embarcado é praticamente o mesmo, com queda de 0,2%.

Por:
Larissa Albuquerque
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário