Carnes: receita cambial se recupera, mas não o volume

Publicado em 14/05/2010 10:06 279 exibições
Compilação de dados feita pelo Ministério da Agricultura junto à SECEX/MDIC aponta que as exportações brasileiras de carnes fecharam o primeiro quadrimestre de 2010 com incremento de 18,7% na receita cambial, mas com volume ligeiramente menor (-1,1%) que o registrado no mesmo período de 2009.

Individualmente, só os industrializados de frango e bovino apresentaram queda de receita – uma indicação de que o mundo, em dificuldades econômicas, reduziu a demanda de produtos com maior valor agregado. No mais, as quatro carnes registraram receita maior que a do mesmo quadrimestre do ano passado, o aumento mais significativo vindo da carne de peru (+55%).

A carne de peru, aliás, contribuiu decisivamente para que o volume total exportado recuasse apenas 1,1%: os embarques do produto, no quadrimestre, aumentaram 8,4%, índice que, juntamente com o incremento de 1,3% nos embarques de carne bovina, ajudou a neutralizar parcialmente a queda de 8,5% nas exportações de carne suína e de 1,3% nas de carne de frango.
Notar, aqui, que nos dados relativos ao frango não foram consideradas as exportações de carne salgada, da ordem de 57 mil toneladas no quadrimestre.

Tags:
Fonte:
AviSite

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário