Na Argentina, produtores aceleram trabalhos no campo para aproveitar chuvas do El Niño

Publicado em 12/03/2012 07:35 793 exibições
Os produtores rurais argentinos estão acelerando seus traballhos de campo com o objetivo de aproveitar os benefícios do El Niño, fenômeno climático que aquece as águas do Oceano Pacífico, ocasionando chuvas abundantes. 

A expectativa é de que as condições climáticas sejam bastante positivas, podendo melhorar a safra argentina 2012/13, já que as precipitações devem encharcar a região dos Pampas durante os principais períodos de crescimento das plantas. 

"Se a chuva esperada ocorrer, os preços dos grãos continuarão altos e a área plantada vai aumentar em 2012/2013", afirma Maximiliano Zabala, analista de colheita da Bolsa de Cereais de Buenos Aires.

Os resultados financeiros mais expressivos devem vir da soja em grão, haja visto que como forma de manter os bons preços no mercado interno, o governo do país regula as exportações de milho e trigo. E isso faz com que os produtores dos grãos vendam os produtos para moedores e exportadores com alto desconto.

As chuvas provocadas pelo El Niño devem atingir não só a Argentina, mas também o Uruguai, Paraguai e a região Sul do Brasil. Atualmente, esses países vivem uma situação de severa estiagem causada pelo fenômeno La Niña que, ao contrário do El Niño, causa o resfriamento das águas do Pacífico e reduz o volume de chuvas. 
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

1 comentário

  • ivo angelo rossoni fava Redentora - RS

    Gostaria de que a informação fosse mais pontual. El Ninõ começa em tal mês. Pois estamos cansados de ouvir previsões que nãose concretizam. Tem que haver mais seriedade nas informações. Agricultura é uma industria à céu aberto. E uma vez iniciado o processo não tem botão para desligar, ou acelerador para apressar as plantas. Portanto as decisões devem ser tomadas em cima de informações mais concretas.

    0