Publicidade

Safra 12/13: Ausência de chuvas ainda atrasa plantio na região Centro-Oeste

Publicado em 31/10/2012 11:39 1202 exibições
A mudança no padrão climático no Brasil continua atrasando o plantio na região do Centro-Oeste. Segundo o último levantamento realizado pelos técnicos da Federação e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul) juntamente com a Aprosoja-MS na região sul do estado, o plantio da soja alcançou o percentual de 61% do total e a região centro/norte atingiu o número de 42%, até o fim da segunda quinzena de outubro. 

Entre as cidades que estão com o plantio mais acelerado destacam-se Amambaí, Caarapó, Chapadão do Sul, Douradina, Maracaju, Naviraí, Ponta Porã e Rio Brilhante, com quase 75% da área plantada. 

Diferentemente, outros municípios como Coxim, Nova Alvorada do Sul e Sonora a semeadura está entre 20% e 30%. Este menor percentual no plantio é decorrente da diminuição da quantidade de chuvas em comparação com as demais cidades que foram visitadas pelos especialistas.  

Para o assessor técnico da Famasul, Lucas Galvan, esse cenário começa a preocupar os produtores do estado. “Estamos com a luz amarela acesa uma vez que as sementes precisam de chuvas para ter uma boa germinação e florescimento. Além disso, esse atraso reduz a janela do plantio da safrinha”, explicou. 

O levantamento ainda aponta que a semeadura está avançando conforme a ocorrência das chuvas, que é um fator determinante na tomada de decisões para os sojicultores, haja vista que sem a umidade ideal no solo as sementes não têm condições de germinação.

Do mesmo modo, a ausência de chuvas no Mato Grosso também atrasa o plantio no estado. De acordo com o boletim semanal divulgado pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), a região oeste é a mais atrasada na semeadura em relação o mesmo período da safra 2011/12.  

Na localidade o plantio conseguiu atingir 45,2% da área esperada, enquanto que na safra anterior haviam sido concluídos 61,9%. Em algumas regiões de Sapezal (MT) faz 25 dias que não chove. Produtores aguardam as precipitações para realizar avaliação para saber quantos hectares terão que ser replantados no município. 

Já a região nordeste do estado é a segunda com menor percentual de plantio em relação à safra 2011/12, com 11,7% da área plantada. Por outro lado, a região sudeste está com a semeadura adiantada, cerca de 54,0% da área plantada, ultrapassando o percentual do 53,8% registrado no mesmo período da safra passada.
Tags:
Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

1 comentário

  • Vilson Ambrozi Chapadinha - MA

    Ouvi, ontem através da CBN de Maringá, entrevista com o metereologista Luiz Fernando Lazinski,praticamente descartando El nino,e colocando ríscos de verânicos para o Paraná a partir de Janeiro.Falou da preocupação com os plantios de soja que se concentraram ,e que poderão ser afetados num período crítico para a cultura,formação de vagens.Devagar começam a surgir problemas e ou, preocupações,que podem influir no mercado .

    0