Nova onda de frio provoca geadas intensas no PR e preocupa produtores

Publicado em 22/08/2016 16:18
360 exibições
Sob influência do fenômeno La Niña, safra 2016/17 terá ondas de frio mais intensas e prolongadas, com ocorrência de geadas até o final de setembro

Depois de uma semana bastante chuvosa em praticamente todo o Paraná, o frio intenso ganhou força a partir do final de semana e derrubou as temperaturas, com registro de formação de geadas em várias regiões do estado, com destaque para ocorrências mais intensas no Centro-Sul. No campo, a preocupação é com as lavouras de inverno, especialmente o trigo, além das frutas e hortaliças sensíveis a quedas de temperatura tão bruscas. Segundo a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Paraná (Seab-PR), os danos ainda estão sendo contabilizados. 

De acordo com o meteorologista do Instituto Nacional de Meterologia (Inmet), Luiz Renato Lazinski, essa nova massa de ar frio é uma das mais intensas no decorrer do inverno. “As geadas foram muito fortes, mas por sorte atingiram regiões onde o trigo não está na fase suscetível, como em Guarapuava. No Oeste, onde o maior percentual das lavouras está em fase crítica, a geada foi mais fraca”, explica Lazinski. Já em Curitiba e Região Metropolitana, mesmo com a ocorrência de geadas mais fracas, as hortaliças serão afetadas, especialmente o alface que foi implantado nos últimos dias.

Segundo Carlos Hugo Godinho, do Departamento de Economia Rural do Paraná (Deral-PR), 75% das lavouras de trigo estão suscetíveis, mas o analista acredita que a geada deve ter causado apenas prejuízos pontuais. “A umidade no campo estava muito alta e isso segurou um pouco dos estragos. Além disso, a geada mais forte atingiu áreas menos suscetíveis. Como o tempo secou, a preocupação agora é com a previsão de uma geada ainda mais forte prevista para terça-feira (23) e que pode atingir, inclusive, a região Oeste e Sudoeste, onde o trigo está florescendo”, diz Godinho. 

Leia a notícia na íntegra no site Gazeta do Povo

Fonte: Gazeta do Povo

Nenhum comentário