Chuvas renovam esperança de produtores rurais do ES

Publicado em 21/11/2016 10:17
115 exibições

O aumento do volume de chuvas no Espírito Santo renovou a esperança de produtores rurais do interior do estado. O cenário melhorou no campo e os agricultores já esperam uma boa colheita em 2018. O mês de novembro, por exemplo, é importante para a produção do café. É nessa fase que os grãos estão em fase de formação.

O produtor rural Renato Rubens Camatta tem uma área em Marilândia, no Noroeste do estado. Há um mês ele havia parado de ir à propriedade por causa da seca, que fez ele somar prejuízos na plantação de café.

As chuvas dos últimos dias fizeram, não só ele voltar ao local, como tornar ter a esperança de uma boa produção em 2018.

“É preciso ter chuva para poder ter trabalho. A chuva para o agricultor é o principal, sem ela não tem esperança  de nada. É um momento muito importante para o café se desenvolver e se não der para colher em 2017, que ajude a lavoura do próximo ano”, disse.

Camatta só conseguiu colher 80 sacas de café em 2016, sendo que o normal seriam 400. Ele não foi o único prejudicado. Por conta da pior estiagem das últimas década, o agronegócio do Espírito Santo acumulou perdas de R$ 3,6 bilhões ao longo dos dois últimos anos. Cafeicultura, fruticultura e olericultura (legumes) amargam os maiores prejuízos.

O diretor presidente do Incaper, Marcelo Suzart de Almeida, afirma que ainda não choveu o normal para o mês de novembro, mas a chuva já contribuiu com os produtores do estado, principalmente para as culturas de períodos mais curtos.

Leia a notícia na íntegra no site G1 - ES.

Fonte:
G1 - ES

0 comentário