Mais chuvas para regiões afetadas por inundações na Argentina neste domingo; situação deve cessar apenas a partir de fevereiro

Publicado em 13/01/2017 13:50
194 exibições

Nas últimas semanas, choveu entre 350mm a 450mm na zona núcleo da Argentina, que é uma importante área agrícola para o país. Perdas já são esperadas e apenas uma mudança no clima poderia evitar mais desastres.

No entanto, a situação não é muito favorável para o país vizinho. De acordo com um recente boletim do Instituto de Clima e Água local, são estimadas chuvas abundantes para o próximo domingo que irão cair sobre as zonas já afetadas, variando entre 75mm a 100mm, impulsionadas por uma massa de ar tropical sobre o centro do país.

Segundo as estimativas até o momento, o evento climático poderia afetar o norte de Buenos Aires, o leste e o noroeste de Córdoba e o sul e o centro de Santa Fe e Entre Ríos.

O boletim aponta ainda que as chuvas afetaram a zona semanalmente e deverão desaparecer apenas em fevereiro e março.

Sendo assim, nas áreas mais baixas, a situação de emergência nessas localidades pode se prolongar até a próxima primavera nas áreas mais baixas, como apontam os dados do boletim.

Para Pablo Mercuri, diretor do Centro da Pesquisa de Recursos Naturais do Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária (INTA), é "imprescindível" a antecipação dos riscos para que os produtores possam conviver melhor com a variabilidade climática interanual e geográfica.

Ele lembra que o Oceano Pacífico, no momento, está em condições neutras. Sendo assim, não é o La Niña e, sim, outros fatores atmosféricos e oceânicos que influenciam na continuidade do ciclo úmido sobre o centro do pais.

De acordo com o especialista, foram as condições antecedentes do El Niño 2015/16 que incrementaram as situações de risco hídrico e emergência.

Com informações do Infocampo.com.ar

Por: Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário