Falta de chuvas ameaça a colheita de soja em San Pedro e Alto Paraná, no Paraguai

Publicado em 24/01/2017 15:49
794 exibições

Em entrevista ao canal paraguaio PRO, Karsten Friedrichsen, presidente da Associação dos Produtores de Soja, Oleaginosas e Cereais do Paraguai (APS), comentou os recentes problemas climáticos que estão sendo enfrentados pelo Paraguai às vésperas de uma colheita de soja a nível nacional.

Ele destaca que a região do departamento de San Pedro, nas regiões próximas ao Rio Paraguai, está com um severo problema de seca, com um intervalo de 20 a 25 dias sem chuvas. Alguns setores do departamento de Alto Paraná, segundo o presidente, também "não estão recebendo chuvas como os cultivos requerem".

Por outro lado, as previsões de um La Niña que afetaria diretamente o país não se concretizaram ao longo da safra. Os cultivos de soja nos departamentos de Alto Paraná e Canindeyu, que são importantes para a cultura no Paraguai, estão em boas condições, no aguardo dos próximos 20 dias, que irão definir o cenário climático para a colheita.

Em cerca de 1% a 2% do território paraguaio, a colheita já começou, embora venha com força apenas no mês de fevereiro. De acordo com Friedrichsen, os resultados, até o momento, são positivos, com rendimento médio de 3000 kg por hectare (cerca de 50 sacas por hectare).

O departamento de San Pedro, como apontam dados divulgados pela Câmara Paraguaia de Exportadores e Comercializadores de Cereais e Oleaginosas (Capeco), representa cerca de 9% da produção total de soja do Paraguai, enquanto Alto Paraná e Canindeyu representam, respectivamente, 27% e 19%, sendo as maiores áreas produtivas, junto com Itapúa (19%).

Previsões climáticas

O Centro Internacional Para a Pesquisa do Fenômeno El Niño (CIIFEN) aponta, em seu boletim que compreende as previsões climáticas para a América do Sul em janeiro, fevereiro e março, que grande parte do Paraguai deverá ter níveis normais de chuvas ao longo do período.


Previsão de Chuvas Trimestral América do Sul

Por: Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Carlos William Nascimento Campo Mourão - PR

    Comentário geral aqui no oeste do Paraná é que esta seca já levou 30 sacos por alqueire (12 por hectare) fácil.,, Super safra só no powerpoint.

    4
    • PEDRO FIORENZO Sorriso - MT

      Bom dia caros leitores, uma pena Carlos Willian Nascimento seca no enchimento de grão todo agricultor sabe que é a pior fase, acho interessante usarmos este espaço do Noticias Agricolas para trocarmos informações de desenvolvimento de safra em outras regiões do Brasil, por mais que as noticias trazidas pelos amigos possam ser pontuais, nos ajuda a ter uma noção maior. Norte do Mato Grosso ( aprox 8 mm de há de soja) esta em plena colheita, ultima semana com muita chuva começaram as percas pontuais,domingo e terça tempo abriu e pode avançar a colheita, necessita no geral de sol até fim do mês caso contrrário teremos perda de qualidade mas dificilmente afeta capacidade produtiva que ja esta definida, produtividade dentro da média dos ultimos anos mas nada de surpreendente.

      5
    • Renato Archile Martini Cascavel - PR

      Boa noite amigos, com relação a soja aqui na região oeste do Paraná, praticamente tudo definido, agora o plantio do milho está empacado. Fui até Guaíra ontem e a maior parte das lavouras estão ainda verdes, em anos anteriores boa parte já estavam colhidas e com o milho plantado.

      0