Clima: Chuva acumulada nos próximos dias pode chegar a 200 mm no PA e 150 mm em MT

Publicado em 05/02/2018 09:49

LOGO nalogo

As chuvas seguem sobre a faixa Centro-Norte do Brasil nos próximos dias e são esperados altos acumulados nesta segunda-feira (5) sobre o Mato Grosso, segundo o modelo Cosmo do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) (Veja o mapa abaixo). Boas chuvas também são previstas para o Pará. Enquanto isso, no Sul do país, o tempo deve permanecer aberto.

"Nesta semana, esta circulação de ventos favoráveis à formação de nuvens de tempestades oscila sua posição entre Sudeste, Nordeste e Norte. Toda a faixa entre Minas Gerais e Pará permanecem em alerta para chuvas frequentes e volumosas nos próximos dias", disse a Climatempo (Veja o mapa com chuvas acumuladas abaixo).

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 72 horas (05/02 a 07/02) para todo o Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 72 horas (05/02 a 07/02) para todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

No período entre 5 e 9 de fevereiro, as chuvas acumuladas em Mato Grosso podem chegar a até 150 milímetros em algumas áreas. Produtores da região devem ficar atentos, pois a condição pode prejudicar a colheita da safra de grãos. No Norte, especialmente em algumas localidades do estado do Pará, as precipitações no período podem ultrapassar os 200 mm.

Diante dessa condição, as interdições na BR-163 devem continuar. Milhares de caminhoneiros com cargas de grãos, principalmente, não têm conseguido avançar na estrada. Muitos trechos não são asfaltados. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) com apoio do Exército Brasileiro e a Polícia Rodoviária Federal tem realizado ações para facilitar a logística nos trechos mais complicados.

Chuva acumulada para todo o Brasil entre 05/02 e 09/02 - Fonte: Climatempo
Fonte: Climatempo

Morgana Almeida, Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), havia adiantado essa condição ao Notícias Agrícolas na semana passada. Essas chuvas são motivadas pela atuação da Zona de Convergência do Atlântico Sul, fenômeno que é o principal causador de precipitações durante o verão.

Enquanto isso, no Sul, as notícias não são animadoras, segundo a meteorologista. No Rio Grande do Sul, principalmente na região da fronteira os modelos não apontam condições favoráveis até o próximo dia 6. No dia 7, há chances de chuvas para a porção norte do estado e para o oeste de Santa Catarina e Paraná. Apenas a partir do dia 12, em função de uma nova frente fria, as chuvas devem chegar para a região.

» Clique e veja mais informações na página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário