Tempo: Frente fria avança sobre o extremo Sul do país com potencial de temporais em RS e SC

Publicado em 20/07/2018 10:28 e atualizado em 23/07/2018 10:36
2621 exibições

Imagem de satélite de todo o Brasil nesta sexta-feira (20) - Fonte: Inmet
Imagem de satélite de todo o Brasil nesta sexta-feira (20) - Fonte: Inmet

LOGO nalogo

Uma frente fria chegou ao extremo Sul do Brasil nesta sexta-feira (20) com força para provocar temporais em áreas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, segundo previsão da Climatempo. Nos próximos dias, uma nova frente fria também avança até a região e intensifica as instabilidades.

Segundo a empresa meteorológica, é alto o risco de temporais e as rajadas de vento podem alcançar os 80 km/h em todo o Centro-sul gaúcho. Também pode ventar forte nos pontos mais altos das serras gaúcha e catarinense. Algumas precipitações já foram registradas nas últimas horas na divisa com o Uruguai.

"A frente fria é rápida e a maior parte da chuva é esperada para o Rio Grande do Sul. Pouca chuva deve cair sobre Santa Catarina e o Paraná, que pode ter algumas pancadas apenas no Oeste do estado", explica a meteorologista da Climatempo, Josélia Pegorim.

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 72 horas (21/07 a 23/07) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de temperatura mínima para até 72 horas (21/07 a 23/07) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Veja mais:
» Atualização de super computador do Inmet vai melhorar a definição de área analisada, reduzindo dos atuais 7 Km para 1 Km

A chegada dessa frente fria deve contribuir para uma queda da temperatura na região. Elas, inclusive, já começaram a cair na maior parte do Rio Grande do Sul. A queda mais acentuada ocorre no sábado (21). "Na região de Uruguaiana e na Campanha gaúcha, o frio poderá ser abaixo de 5°C e há condições para geada".

"A massa polar desta frente fria se espalha no fim de semana e volta a fazer frio não só no Rio Grande do Sul, mas também em Santa Catarina e no Paraná. Apesar da queda nas temperaturas, não teremos novamente o frio rigoroso da última massa polar", afirma Josélia.

Uma nova frente fria deve chegar ao Sul do país já na próxima semana e intensificar as instabilidades pela região. Mais uma vez, o estado do Rio Grande do Sul pode ter temporais e o risco de chuva forte aumenta também sobre mais áreas de Santa Catarina e do Paraná, inclusive em áreas mais centrais do estado.

Veja o mapa das áreas com precipitação acumulada nas últimas 24 horas em todo o Brasil:

Mapa das áreas com precipitação acumulada nas últimas 24 horas em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

A chuva prevista deve contribuir para elevação dos níveis de água dos solos, contribuindo para o desenvolvimento das lavouras de inverno, como trigo e arroz. No entanto, a alta umidade já afeta algumas pastagens, segundo levantamento da Emater/RS-Ascar.

Leia mais:
» Chuvas prejudicam alimentação dos rebanhos gaúchos

Enquanto chove no Sul, o modelo Cosmo do Inmet ainda mostra menores volumes de chuva em áreas centrais do país. Algumas já estão com mais de um mês sem precipitações representativas. Em uma previsão mais estendida, o Centro de Previsão do Clima (NCEP, na sigla em inglês), não mostra chuvas pelo menos até o início de agosto no centro do Brasil.

Inicio do plantio de milho na propriedade de Marcos e Vinicius Sartori Chagas em Rio dos Índios (RS). Envio do Eng. Agrônomo Niomar J. Dalbosco
Inicio do plantio de milho na propriedade de Marcos e Vinicius Sartori Chagas em Rio dos Índios (RS). Envio do Eng. Agrônomo Niomar J. Dalbosco

Algodão em Coromandel (MG). Envio do Técnico Agrícola Reginaldo Dim
Algodão em Coromandel (MG). Envio do Técnico Agrícola Reginaldo Dim​

Envie sua foto ou vídeo! Fale com a gente pelo WhatsApp (19) 99767-0241

» Clique e veja mais informações na página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário