Tempo seco toma o Brasil Central pouco antes do plantio da safra de verão e cidades do CO podem bater recorde de calor

Publicado em 31/08/2018 10:58
2575 exibições

LOGO nalogo

Com poucas semanas antes do início do plantio da safra de verão, o tempo seco tomou conta da região central do Brasil. Sem chuvas volumosas previstas para os próximos dias na maior parte do Centro-Oeste, cidades podem registrar recorde de temperatura nesta sexta-feira (31). A baixa umidade nessas áreas, além do Sudeste e Nordeste, chega a níveis muito baixos.

"A sexta-feira será de tempo aberto e poucas nuvens no Leste do Mato Grosso, do Mato Grosso do Sul, em Goiás e no Distrito Federal. Nessas áreas, os níveis de umidade relativa do ar ficarão baixos, e Campo Grande e Cuiabá devem atingir níveis próximos de 30%. Já Goiás e o Distrito Federal podem chegar aos 20% nas horas mais quentes do dia", disse a Climatempo.

De acordo com o mapa de precipitação acumulada do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), nos últimos 30 dias, baixos volumes de chuva foram registrados na maior parte da região central. Os acumulados mais expressivos ficaram concentrados sobre as extremidades do país, principalmente sobre as regiões Sul e Norte do Brasil.

Veja o mapa das áreas com precipitação acumulada nos últimos 30 dias:

Mapa das áreas com precipitação acumulada nos últimos 30 dias - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

O Inmet alerta que nesta sexta-feira a baixa umidade pode atingir níveis prejudiciais em diversas áreas da faixa central do país. Os níveis podem ficar entre 12% e 20% em áreas de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, por exemplo. A condição também será registrada na Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, São Paulo e Tocantins.

Nas próximas horas algumas precipitações isoladas podem ser registradas em áreas do Centro-Oeste com instabilidades avançando do Sul do Brasil. O Inmet alerta que as chuvas devem ser intensas no Rio Grande do Sul, com precipitações entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, ventos intensos (60-100 Km/h). Há riscos de danos com as plantações.

"No Sul e Oeste de Mato Grosso Sul e do Mato Grosso, durante grande parte do dia o sol ainda aparece e as temperaturas ficam elevadas. Entre a tarde e a noite podem ocorrer algumas pancadas de chuva, com moderada a forte intensidade em alguns momentos", acrescentou a empresa meteorológica. No final de semana, uma massa de ar frio deve provocar ligeira queda nas temperaturas.

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 72 horas (01/09 a 03/09) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 72 horas (01/09 a 03/09) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Mapas estendidos do centro de previsão da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês), nos Estados Unidos, apontam que as chuvas volumosas devem seguir sobre áreas do Sul do Brasil entre 30 de agosto a 07 de setembro e boa parte do Brasil central seguirá com uma condição mais seca.

Veja o mapa com a precipitação acumulada para o período de 31 de agosto até 16 de setembro:

Mapa com a precipitação acumulada para o período de 31 de agosto até 16 de setembro - Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA
Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA

Grilo na soja em Iowa, EUA. Crop Tour 2018 - EUA.
Grilo na soja em Iowa, EUA. Crop Tour 2018 - EUA.

Inicio do plantio de milho safra verão na Estancia Teixeira Em San Alberto - Paraguay. Envio de Elson Eduardo Teixeira
Inicio do plantio de milho safra verão na Estancia Teixeira Em San Alberto - Paraguay. Envio de Elson Eduardo Teixeira

Envie sua foto ou vídeo! Fale com a gente pelo WhatsApp (19) 99767-0241

» Clique e veja mais informações na página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário