Tempo: Pouco mais de uma semana para plantio da safra de verão, Brasil central segue sem chuvas expressivas

Publicado em 06/09/2018 11:45 e atualizado em 06/09/2018 16:22
2725 exibições

LOGO nalogo

O fim do vazio sanitário se aproxima nas principais regiões produtoras do Brasil e as condições do tempo nos últimos dias não são favoráveis, com baixos volumes de chuva em diversas localidades. Em uma previsão estendida, o cenário também já gera preocupação com poucas chances de acumulados expressivos pelo menos até o dia 22 de setembro no Brasil central.

De acordo com mapa do centro de previsão da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês), nos Estados Unidos, a tendência no período de 06 a 14 de setembro é de chuvas mais localizadas nas extremidades do país. Já de 14 a 22 de setembro, algumas precipitações devem chegar até localidades do centro do Brasil, mas com baixos volumes.

Essa condição climática já causa preocupação aos produtores uma vez que ​o vazio sanitário da soja da safra de verão termina no final da próxima semana deste mês de setembro nos principais estados produtores do Brasil e é quando o plantio está autorizado a começar. Mas, sem boas condições de umidade no solo, os trabalhos podem ser prejudicados.

Veja o mapa com a precipitação acumulada para o período de 06 de agosto até 22 de setembro:

Mapa com a precipitação acumulada para o período de 06 de agosto até 22 de setembro - Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA
Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA

De acordo com o mapa de precipitação acumulada nos últimos 90 dias, áreas do Brasil central registraram baixíssimos volumes de chuva. As precipitações ficaram mais isoladas em áreas nas extremidades do país. Em uma análise dos últimos 30 dias, a situação é um pouco melhor, com acumulados em algumas áreas de Mato Grosso do Sul e Noroeste de Mato Grosso.

Segundo dados do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), nenhuma cidade da região Centro-Oeste aparece na lista dos 10 maiores volumes nas últimas 24 horas. Nesta quinta-feira, ainda segundo o instituto, é prevista baixa umidade em áreas do Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rondônia, São Paulo e Tocantins.

Esses são os dez maiores volumes registrados no Brasil na quarta-feira: São Gabriel da Cachoeira (AM): 51,4 mm, Novo repartimento (PA): 50,6 mm, São Paulo (SP) Mirante: 24,4 mm, São Paulo (SP) Mirante de Santana: 24,2 mm, Alfredo Chaves (ES): 17,2 mm, Mantena (MG): 16,4 mm, Vitoria (ES): 14,2 mm, Indaial (SC): 12,8 mm, Curitiba (PR): 12,8 mm e Tucumã (PA): 12,2 mm.

As chuvas dos últimos dias em áreas nos extremos do país contribuíram para o bom volume acumulado de água no solo no Sul e Norte. No entanto, em áreas do Centro-Oeste, Sudeste e Nordeste, os níveis estão entre 20% e 50%, segundo mapa da Climatempo. Com a quantidade de água disponível no solo é possível decidir se será o momento ideal para início do plantio.

Veja o mapa de água disponível no solo em todo o Brasil:

Mapa de água disponível no solo em todo o Brasil - Fonte: Climatempo
Fonte: Climatempo

Segundo informação da Climatempo, na próxima semana, uma frente fria deve avançar sobre o Centro-Sul do país. Mas as precipitações desse fenômeno serão mais benéficas para as culturas de inverno, como o trigo, e o milho verão que vem sendo plantado no Sul do Brasil. Em outras áreas, são previstas apenas pancadas isoladas.

"Há perspectiva de que esse sistema avance também pelo Sudeste, provocando pancadas de chuva irregular sobre as regiões produtoras de São Paulo, Goiás, Minas Gerais e sobre as áreas do Mato Grosso do Sul e Mato Grosso", disse a empresa meteorológica acrescentando que produtores poderão iniciar o plantio no Paraná com essa condição.

O vazio sanitário no Paraná termina no dia 10 de setembro, enquanto que no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul se encerra no dia 15 de setembro.

"Vale ressaltar, que a possível ocorrência da chuva não será, ainda, um sinônimo de que a regularização do regime de instabilidades começou. Pelo contrário, a chuva ainda continuará bastante irregular até meados de outubro, quando aí sim, estará totalmente consolidado em grande parte do Brasil", complementou a Climatempo.

Veja o mapa de precipitação acumulada nos últimos 30 dias em todo o Brasil:

Mapa de precipitação acumulada nos últimos 30 dias em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Veja o mapa de precipitação acumulada nos últimos 90 dias em todo o Brasil:

Mapa de precipitação acumulada nos últimos 90 dias em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Colheita da Soja em Roraima - 2018
Colheita da Soja em Roraima - 2018

Trigo variedade: ORS VINTECINCO em Prudentópolis (PR). Envio do técnico agrícola Gabriel Klos
Trigo variedade: ORS VINTECINCO em Prudentópolis (PR). Envio do técnico agrícola Gabriel Klos

Colheita da Soja em Roraima - 2018
Colheita da Soja em Roraima - 2018​

Colheita da Soja em Roraima - 2018
Colheita da Soja em Roraima - 2018​

Envie sua foto ou vídeo! Fale com a gente pelo WhatsApp (19) 99767-0241

» Clique e veja mais informações na página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário