Tempo: Áreas da BA e MG seguirão sem chuvas volumosas até a primeira semana de fevereiro

Publicado em 30/01/2019 11:19 e atualizado em 31/01/2019 11:01
3134 exibições

Imagem de satélite de todo o Brasil nesta quarta-feira (30) - Fonte: Inmet
Imagem de satélite de todo o Brasil nesta quarta-feira (30) - Fonte: Inmet

LOGO nalogo

A irregularidade das chuvas tem sido verificada em áreas do Nordeste e partes do Sudeste do Brasil, incluindo o Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia). Mapas estendidos de precipitação ainda não apontam altos volumes em áreas da Bahia e Minas Gerais com uma grande massa de ar seco e quente.

A Climatempo aponta que instabilidades têm provocado chuvas volumosas em áreas do Nordeste nas últimas horas, incluindo localidades de Alagoas e Ceará. Por outro lado, diversas regiões dos outros estados não têm previsão de chuvas. A Bahia tem a condição mais preocupante.

"Nesta quarta-feira (30), a aproximação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) da costa norte do Nordeste e os ventos marítimos que levam umidade para a faixa leste da Região, colaboram para a formação de novas áreas de instabilidade", destacou a empresa meteorológica.

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 174 horas (31/01 a 06/02) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 174 horas (31/01 a 06/02) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Áreas de Pernambuco e Paraíba devem ter chuva frequente, com até moderada intensidade, principalmente sobre Recife e João Pessoa. No Maranhão, pancadas de chuva podem ocorrer durante o dia com moderada a forte intensidade. Também chove a tarde em localidades do Piauí.

Por outro lado, áreas do Rio Grande do Norte, Alagoas, Sergipe e Bahia, chove apenas de forma passageira. A região Centro-Leste da Bahia está há vários dias em chuvas volumosas e a tendência é de que as precipitações sigam bastante escassas pelo menos até o início de fevereiro.

"Uma grande massa de ar seco e quente vai continuar cobrindo a maioria das áreas do estado da Bahia, sul do Piauí e interior de Pernambuco e Alagoas. Nesses locais, o sol aparece forte e a umidade relativa do ar pode ficar abaixo dos 30% nos períodos mais quentes do dia", destacou a Climatempo.

Veja o mapa de previsão de precipitação do modelo GFS de 24 horas para os próximos 3 dias em todo o Brasil:

Mapa de previsão de precipitação do modelo GFS de 24 horas para os próximos 3 dias em todo o Brasil - Fonte: COLA (The Center for Ocean-Land-Atmosphere Studies) Mapa de previsão de precipitação do modelo GFS de 24 horas para os próximos 3 dias em todo o Brasil - Fonte: COLA (The Center for Ocean-Land-Atmosphere Studies) Mapa de previsão de precipitação do modelo GFS de 24 horas para os próximos 3 dias em todo o Brasil - Fonte: COLA (The Center for Ocean-Land-Atmosphere Studies)
Fonte: COLA (The Center for Ocean-Land-Atmosphere Studies)

O mesmo vale para áreas da região Sudeste, principalmente no Centro-Norte de Minas Gerais. Neste momento, lavouras de café no estado estão em desenvolvimento para a safra 2019/20. Enquanto que a safra de grãos, principalmente de soja, está no preparativo para a colheita generalizada.

Segundo o mapa de água disponível no solo da Climatempo, a irregularidade chama a atenção em todo o país. Enquanto áreas de Mato Grosso têm melhores condição, diversas outras partes da região central do país apresentam baixos percentuais, assim como quase toda a região Nordeste do país.

Os maiores acumulados de chuva dos últimos cinco dias na região Nordeste do país ocorreram em áreas dos estados de Maranhão e Piauí, que abrangem a região produtora do Matopiba. Nos outros estados e também no Leste de Minas Gerais, os volumes foram bastante irregulares.

Veja o mapa de água disponível no solo em todo o Brasil:

Mapa de água disponível no solo em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Veja o mapa de precipitação acumulada nos últimos 5 dias em todo o Brasil:

Mapa de precipitação acumulada nos últimos 5 dias em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Previsão do tempo estendida para o Brasil

De acordo com o mapa de precipitação acumulada do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), nos próximos sete dias, as chuvas se concentram no Norte do país, enquanto que o Centro-Sul tem baixos a moderados volumes. O centro-Norte de Minas e Leste da Bahia terão volumes praticamente zerados.

Veja o mapa de previsão de precipitação acumulada do modelo Cosmo para os próximos 7 dias em todo o Brasil:

Mapa de previsão de precipitação acumulada do modelo Cosmo para os próximos 7 dias em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Previsões do centro de previsão da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês) apontam que, no período de 30 de janeiro até 07 de fevereiro, as chuvas volumosas ficarão concentradas sobre a região Norte e em áreas litorâneas do Sul e Sudeste.

De 07 de fevereiro até 15 de fevereiro, as chuvas seguirão mais concentradas sobre a região Norte do país, mas áreas da faixa central do país também voltam a receber precipitações mais volumosas, podendo chegar, inclusive, até áreas da Bahia e Minas Gerais.

Veja o mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 30 de janeiro até 15 de fevereiro:

Mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 30 de janeiro até 15 de fevereiro - Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA
Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA

Colheita da uva na Propriedade de Marcos Tolotti em Barra Funda(RS). Envio de Lucas Tolotti
Colheita da uva na Propriedade de Marcos Tolotti em Barra Funda(RS). Envio de Lucas Tolotti

Monitoramento da lavoura. Safra 18/19 em Luis Eduardo Magalhães (BA)
Monitoramento da lavoura. Safra 18/19 em Luis Eduardo Magalhães (BA)

Colheita de milho 2018 em Macapá (AP) em 14 de outubro de 2018. Envio do produtor Ciro Joao Trombetta
Colheita de milho 2018 em Macapá (AP) em 14 de outubro de 2018. Envio do produtor Ciro Joao Trombetta

Lavouras de Soja no Oeste da Bahia, Fazenda Novo México, Grupo Calyxagro. Enviada por Carlos Cardoso Júnior, Engenheiro Agrônomo e Diretor do Grupo Calyxagro
Lavouras de Soja no Oeste da Bahia, Fazenda Novo México, Grupo Calyxagro. Enviada por Carlos Cardoso Júnior, Engenheiro Agrônomo e Diretor do Grupo Calyxagro

Envie sua foto ou vídeo! Fale com a gente pelo WhatsApp (19) 99767-0241

» Clique e veja mais informações na página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário