Tempo: Tempestade tropical Iba causa chuvas e ventos fortes na BA e ES até 3ª; Nordeste em alerta

Publicado em 25/03/2019 10:55 e atualizado em 26/03/2019 12:07
2781 exibições

Imagem de satélite de todo o Brasil nesta segunda-feira (25) - Fonte: Inmet
Imagem de satélite de todo o Brasil nesta segunda-feira (25) - Fonte: Inmet

LOGO nalogo

Um sistema de baixa pressão atmosférica em alto mar entre a Bahia e Espírito Santo foi classificado no sábado (23) como depressão tropical. No domingo (24), no entanto, ganhou força e passou para a categoria de tempestade tropical, nomeada como Iba, com chuvas e ventos fortes sobre áreas dos dois estados.

"São esperados ventos fortes nas proximidades do litoral sul do estado da Bahia e do Espírito Santo, podendo atingir 87 km/h (47 nós) em alto-mar, no setor Leste do ciclone, e 61 km/h (33 nós) junto à costa, durante todo o período de atuação do ciclone", disse o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

Ainda de acordo com o instituto meteorológico brasileiro, com a ocorrência do sistema até o dia 26, também podem haver ondas entre 3 e 5 metros de altura em alto-mar e possibilidade de ressaca atingindo a costa entre Vitória (ES) e Caravelas (BA), com ondas de até 2,5 metros, até a noite do dia 25.

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 72 horas (26/03 a 28/03) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 72 horas (26/03 a 28/03) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

"Alerta-se aos navegantes que consultem essas informações antes de se fazerem ao mar e solicita-se ampla divulgação às comunidades de pesca e esporte e recreio", destacou em nota no domingo (24) o Inmet em conjunto com o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC/INPE) e a Marinha do Brasil.

De acordo com a Climatempo, genericamente, o Iba é um ciclone tropical e sua nomeação é responsabilidade da Marinha. É o sétimo ocorrido sobre a costa do país desde 2011. "A expressão “Iba” significa “ruim” em tupi-guarani", explicou o Inmet.  A nomenclatura foi estabelecida pelo Aviso Especial nº 200/2019.

O Inmet emitiu nesta segunda-feira alerta para os estados da Bahia e Espírito Santo. No estado baiano, o alerta é de perigo com acumulado de chuva em quase toda sua extensão com precipitações entre 30 a 60 milímetros por hora ou 50 a 100 mm/dia. Há riscos de danos com alagamentos, deslizamentos e transbordamentos de rios até o dia 26.

Veja o mapa das áreas com alerta de chuvas intensas nesta 2ª feira:

Mapa das áreas com alerta de acumulado de chuva nesta 2ª feira - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Aviso para as áreas: Sul E Cariri Cearense, Sudeste Piauiense, Centro-Norte Piauiense, Sudoeste Piauiense, Norte Piauiense, Norte Cearense, Noroeste Cearense, Centrossul Cearense, Metropolitana De Fortaleza, Sao Francisco Pernambucano, Leste Sergipano, Agreste Sergipano, Chapada Diamantina, Nordeste Baiano, Norte Baiano, Sul Baiano, Oeste Baiano, Recôncavo Baiano, Sertão Cearense, Sertão De Pajeú E Do Araripe Pernambucano, São Francisco Baiano, Sudoeste Baiano

Já no Espírito Santo, o instituto meteorológico brasileiro emitiu dois alertas, ambos para o litoral do estado. "Chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 Km/h)", avisa o Inmet. É baixo o risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Veja o mapa das áreas com alerta de chuvas intensas nesta 2ª feira:

Mapa das áreas com alerta de chuvas intensas nesta 2ª feira - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Aviso para as áreas: Litoral Sul Capixaba, Central Sul/Caparaó Capixaba

Veja o mapa das áreas com alerta de chuvas intensas nesta 2ª feira:

Mapa das áreas com alerta de chuvas intensas nesta 2ª feira - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Aviso para as áreas: Serrana Capixaba, Metropolitana De Vitória, Litoral Sul Capixaba, Rio Doce Capixaba, Centro-Oeste Capixaba, Nordeste Capixaba

Chuvas fortes já foram registradas nas últimas horas sobre o interior da Bahia e capital. A Defesa Civil contabiliza danos em Luís Eduardo Magalhães (BA). Os cinco maiores acumulados no país no domingo (24) foram em São Luis (MA): 236,2 mm, Eirunepé (AM): 87,4 mm, Salgueiro (PE): 86,0 mm, Amargosa (BA): 82,2 mm e Buriticupú (MA): 81,8 mm.

Veja o mapa das áreas com precipitação acumulada nos últimos 3 dias:

Mapa das áreas com precipitação acumulada nos últimos 3 dias - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Além dos pontos da Bahia em que a atuação da tempestade Iba deve influenciar nas condições do tempo, outras áreas do Nordeste também estão em alerta com chuvas. O aviso é de perigo com acumulados em áreas do Ceará, Pernambuco, Piauí e Sergipe. As precipitações já castigaram áreas do Maranhão no final de semana.

"A capital do Maranhão amanheceu o domingo, 24, com ruas alagadas e desmoronamentos. Prédios históricos foram danificados pelo excesso de chuva. A previsão é de mais chuva para a semana", destacou a Climatempo. Em 24 horas, entre sábado (23) e domingo (24), choveu 236,2 mm em São Luis (MA). Mais de 50% da média do mês.

1ed12d60006b7d91db24401583e4bd87.jpg
Foto de Sarah Silva, São Luís (MA): chuva forte de 24/3/19 causa desmoronamento no casario histórico - Fonte: Climatempo

e233245672c8f989031f1fd9a093f1b4.jpg
Foto de Allison Pires, mostra a chuva chegando a São Luís (MA) em 24/3/19 - Fonte: Climatempo

Chuva chegando na colheita em Grajaú (MA) - Foto: Reprodução/Redes sociais
Chuva chegando na colheita em Grajaú (MA) - Foto: Reprodução/Redes sociais

"São Luís teve bastante chuva em fevereiro, quase 437 mm, 36% acima da média. A chuva de março vem sendo regular desde o início do mês, com muitos temporais. Mas depois da tempestade do primeiro fim de semana do outono, o total de chuva de março subiu para 627,6 mm, que também já está 36% acima da média de precipitação normal para março que é de 462 mm", disse a empresa meteorológica.

Veja o mapa de precipitação acumulada dos próximos 7 dias no Brasil:

Mapa de precipitação acumulada dos próximos 7 dias no Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Em uma previsão dos próximos sete dias do Inmet, os maiores acumulados ocorrerão sobre áreas do Centro-Norte do país, com destaque para altos volumes em áreas dos estados de Amazonas, Rondônia, Mato Grosso, Pará, Tocantins, Maranhão, Piauí e áreas do sertão Nordestino

Um vídeo publicado nas redes sociais mostra altos volumes de chuva em Paragominas (PA).

Milho Narciso Del Conte! Atacado de percevejo
Milho Narciso Del Conte! Atacado de percevejo

Milho safrinha em jesuítas PR, produtor Alessandro Dallacqua
Milho safrinha em jesuítas PR, produtor Alessandro Dallacqua

Envie sua foto ou vídeo! Fale com a gente pelo WhatsApp (19) 99767-0241

» Clique e veja mais informações a página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário