Tempo: ZCIT favorece chuvas neste início de semana sobre Norte e Nordeste; baixas temperaturas no Sul

Publicado em 29/04/2019 11:16 e atualizado em 30/04/2019 10:54
881 exibições

Imagem de satélite de todo o Brasil nesta segunda-feira (29) - Fonte: Inmet
Imagem de satélite de todo o Brasil nesta segunda-feira (29) - Fonte: Inmet

LOGO nalogo

Instabilidades devem seguir nesta segunda-feira (29) sobre áreas das regiões Norte e Nordeste do país, segundo mostram imagens de satélite do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). Uma Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) permanece ativa próxima da costa Norte do Nordeste.

O modelo Cosmo do Inmet mostra que as chuvas mais volumosas na faixa Norte do país podem ocorrer durante esta segunda sobre várias áreas litorâneas das regiões Norte e Nordeste. Por outro lado, as precipitações sobre o Centro-Sul e área central passam por uma diminuição nos próximos dias.

No Nordeste, por conta da ZCIT, o dia nesta segunda deve ser nublado a parcialmente nublado com pancadas e trovoadas isoladas sobre Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e possibilidade de chuvas isoladas no Litoral da Bahia.

Na região Norte, o dia também seguirá nublado a encoberto com pancadas de chuva e trovoadas isoladas em Rondônia, no centro e norte do Amazonas, oeste, noroeste, norte e nordeste do Pará, Amapá e Tocantins. Nas demais áreas, segundo o Inmet, o dia fica parcialmente nublado a nublado.

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 93 horas (30/04 a 02/05) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 93 horas (30/04 a 02/05) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Enquanto o tempo segue instável sobre o Norte do país, a previsão para os próximos dias sobre áreas centrais e do Sul é tempo mais firme. Essa condição volta a preocupar os produtores de milho safrinha, uma vez que relatos de perdas já começaram a ser apontados por produtores, principalmente do Paraná.

Já no início de maio, segundo apontam os modelos mais estendidos de previsão do tempo, as chuvas retornam ao Sul do país e darão maior tranquilidade aos produtores. Ildefonso Ausec, de Doutor Camargo (PR), disse ao Notícias Agrícolas que áreas doe estado enfrentavam altas temperaturas e baixos volumes de chuva.

"O estado do Paraná será favorecido com esta rodada extra de precipitações, reduzindo qualquer prejuízo com estiagens recentes. Entretanto, assim como estamos ressaltando há dias, tais chuvas não possuem a capacidade de recuperar totalmente as perdas de safrinha", destaca a consultoria ARC Mercosul.

Nos próximos sete dias, segundo o mapa de precipitação acumulada do Inmet, os maiores acumulados em todo o país devem ocorrer sobre o Norte e Nordeste do país, mas também pontos isolados de Mato Grosso e Rio Grande do Sul registram altos volumes. Partes da Bahia e Minas Gerais serão as menos favorecidas no período.

Veja o mapa de precipitação acumulada dos próximos 7 dias no Brasil:

Mapa de precipitação acumulada dos próximos 7 dias no Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Nas últimas 24 horas, as chuvas mais volumosas pelo país ocorreram sobre o Norte e nos três estados da região Sul. Os cinco maiores volumes foram registrados no Arquipélago de São Pedro e São Paulo (RN): 92,6 mm, Fortaleza (CE): 72,2 mm, Curitibanos (SC): 69,2 mm, Porto de Moz (PA): 68,0 mm e Tucurui (PA): 64,2 mm.

Veja o mapa das áreas com precipitação acumulada nas últimas 24 horas:

Mapa das áreas com precipitação acumulada nas últimas 24 horas - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Previsão de frio nos próximos dias na região Sul

Além da condição de tempo mais firme nos próximos dias para o Sul do país, a região também enfrentará baixas temperaturas, segundo aponta o modelo Cosmo do Inmet. Áreas serranas de Santa Catarina e Rio Grande do Sul terão as mínimas mais baixas e alguns centros, inclusive, não descartam geadas.

Veja o mapa com a previsão de temperatura mínima para até 93 horas (29/04 a 02/05) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de temperatura mínima para até 93 horas (29/04 a 02/05) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Previsão estendida de chuvas para o Brasil

De acordo com o mapa de previsão estendida do centro de previsão da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês), no período de 29 até 07 de maio, as chuvas mais volumosas caem sobre áreas da faixa Centro-Norte do país, mas voltam isoladamente em áreas centrais e do Sul.

De 07 de maio até 15 de maio, as precipitações mais volumosas voltam a se concentrar sobre áreas mais ao extremo Norte das regiões Norte e Nordeste do país. Na maior parte do país, as chuvas ocorrem de forma muito isolada quando não passam por uma condição de tempo mais seco, como em localidades de Minas Gerais e Bahia.

Veja o mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 29 de abril até 15 de maio:

Mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 29 de abril até 15 de maio - Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA
Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA

Colheita à todo vapor no Pará. Cidade Abel Figueiredo. Envio do Eng. Agro Emerson de Souza.
Colheita à todo vapor no Pará. Cidade Abel Figueiredo. Envio do Eng. Agro Emerson de Souza.

Lavoura de Milho em Itambé (PR). Envio de Nivaldo Forastieri
Lavoura de Milho em Itambé (PR). Envio de Nivaldo Forastieri

Colheita batata semente em lagoa vermelha, grupo igarashi Papanduva (SC). Envio de Antônio Barabach
Colheita batata semente em lagoa vermelha, grupo igarashi Papanduva (SC). Envio de Antônio Barabach

Aprendendo desde cedo, foto tirada em Paragominas (PA). Envio de Lorens Britto
Aprendendo desde cedo, foto tirada em Paragominas (PA). Envio de Lorens Britto

Fazenda Princesa do Norte em Paragominas (PA). Envio de Lorens Britto
Fazenda Princesa do Norte em Paragominas (PA). Envio de Lorens Britto

Silo em Paragominas (PA). Envio de Lorens Britto
Silo em Paragominas (PA). Envio de Lorens Britto

Envie sua foto ou vídeo! Fale com a gente pelo WhatsApp (19) 99767-0241

» Clique e veja mais informações a página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário