Tempo: RS terá trégua, mas chuvas fortes ocorrem nesta 4ª em SP, SC e PR com reflexos para colheita da safrinha

Publicado em 29/05/2019 10:46 e atualizado em 30/05/2019 10:51
1123 exibições

Imagem de satélite de todo o Brasil nesta terça-feira (28) - Fonte: Inmet
Imagem de satélite de todo o Brasil nesta quarta-feira (29) - Fonte: Inmet

LOGO nalogo

Uma nova frente fria avançou sobre a região Sul do Brasil e já provocou chuvas fortes e volumosas sobre áreas dos três estados nas últimas horas. Nesta quarta-feira (29), no entanto, as precipitações devem se concentrar mais sobre áreas de Santa Catarina e Paraná.

"Os dois estados permanecem com tempo instável nesta quarta-feira, 29 de maio. Ainda há risco de chuva moderada a forte. A previsão é de um dia com muitas nuvens e pancadas de chuva frequentes", destacou a Climatempo. A nebulosidade favorece queda de temperatura.

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 93 horas (30/05 a 01/06) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 93 horas (30/05 a 01/06) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Além das chuvas previstas para o Sul, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), também há alerta para áreas do Centro-Sul do estado de São Paulo. Precipitações já foram registradas na madrugada de terça para quarta-feira em áreas paulistas.

"Chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 Km/h), e queda de granizo. Baixo risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de galhos de árvores e de alagamentos", destacou o instituto meteorológico brasileiro.

Veja o mapa das áreas com alerta de tempestade nesta 4ª feira:

Mapa das áreas com alerta de tempestade nesta 4ª feira - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Aviso para as áreas: Campinas, Bauru/Araraquara/Piracicaba, Itapetininga, Araçatuba/São José Do Rio Preto, Sorocaba/Brangança Paulista, Vale Do Paraíba/Litoral Norte, Metropolitana De Sao Paulo, Litoral Sul/Baixada Santista/Vale Do Ribeira, Presidente Prudente/Marília/Assis

O mapa de precipitação acumulada das últimas 24 horas mostra que altos volumes de chuva já foram registrados sobre a região Sul. Os três maiores acumulados no país ontem (28) ocorreram sobre São Luiz Gonzaga (RS): 86,1 mm, Dionísio Cerqueira (SC): 77,2 mm e Planalto (PR): 69,8 mm.

Veja o mapa de precipitação acumulada das últimas 24 horas:

Mapa de precipitação acumulada das últimas 24 horas - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Instagram

O modelo Cosmo do Inmet confirma as chuvas mais fortes nesta quarta-feira sobre áreas de Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Essa condição mais úmida deve impactar os trabalhos de colheita do milho safrinha no estado paranaense.

O Deral (Departamento de Economia Rural do Paraná) reportou nesta terça-feira (28) que a colheita do milho safrinha estava em 5%, com 84% da safra em boa condição, 13% em média e 3% ruim. A colheita do café está em 35% e a a de soja foi encerrada.

Nos próximos sete dias, de acordo com o modelo de precipitação acumulada do Inmet, as chuvas devem seguir fortes sobre áreas da região Sul do Brasil. Pontos de Santa Catarina e Paraná podem ter altos volumes no período, que ultrapassam os 150 mm. A maior parte da faixa central terá tempo firme.

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para os próximos sete dias:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para os próximos sete dias - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

As nebulosidades decorrentes da frente fria devem deixar as temperaturas baixas sobre a região Sul. "No Rio Grande do Sul, esta quarta-feira amanhece com névoa e nevoeiro em muitas áreas, mas depois o sol aparece e o tempo fica firme no decorrer da manhã", destaca a Climatempo.

O modelo Cosmo do Inmet segue apontado chances de baixas temperaturas sobre a maior parte da região, mas ao longo dos dias o cenário melhora aos poucos.

Veja o mapa com a previsão de temperatura mínima para até 93 horas (29/05 a 01/06) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de temperatura mínima para até 93 horas (29/05 a 01/06) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Previsão estendida de chuvas para o Brasil

De acordo com o mapa de previsão estendida do centro de previsão da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês), no período de 29 até 06 de junho, as chuvas mais volumosas caem sobre áreas da faixa Norte do país, mas também ocorrem em pontos da região Sul e Sudeste.

De 06 de junho até 14 de junho, as precipitações mais volumosas voltam a se concentrar sobre áreas ao extremo Norte e cessam na maior parte do Brasil central. No Sul e Sudeste, as precipitações também ocorrem, mas em baixos volumes e de forma bastante isolada.

Veja o mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 29 de maio até 14 de junho:

mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 29 de maio até 14 de junho - Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA
Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA

Foto em Florínea (SP). Envio de João Marcos Pinto
Foto em Florínea (SP). Envio de João Marcos Pinto

Foto em Florínea (SP). Envio de João Marcos Pinto
Foto em Florínea (SP). Envio de João Marcos Pinto

Integração lavoura pecuária, Fazenda Passo Fundo em Canarana (MT). Envio de Lucas e Marcos da Rosa
Integração lavoura pecuária, Fazenda Passo Fundo em Canarana (MT). Envio de Lucas e Marcos da Rosa

Trigo TBIO Toruk, município de Planalto (PR). Envio de Caio Welter
Trigo TBIO Toruk, município de Planalto (PR). Envio de Caio Welter

Envie sua foto ou vídeo! Fale com a gente pelo WhatsApp (19) 99767-0241

» Clique e veja mais informações na página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícia Agrícolas

Nenhum comentário