Tempo: Massa de ar frio avança pelo Centro-Sul do Brasil com registro de geada em SC; FOTOS

Publicado em 04/06/2019 11:09 e atualizado em 04/06/2019 15:34
2140 exibições
Urupema (SC) teve mínima -2°C na madrugada desta 3ª e mais geadas são previstas

Imagem de satélite de todo o Brasil nesta terça-feira (04) - Fonte: Inmet
Imagem de satélite de todo o Brasil nesta terça-feira (04) - Fonte: Inmet

LOGO nalogo

Depois da passagem de uma frente fria sobre o Sul e Sudeste do Brasil, as mínimas caem ainda mais sobre o Centro-Sul a partir desta terça-feira (04) com o avanço de uma massa de ar frio. Geadas inclusive já foram registradas e ainda podem ocorrer na quarta-feira (05).

As temperaturas na Serra Catarinense ficaram abaixo de 0°C na madrugada desta terça-feira (04) com registro de geada. Segundo o Centro de Informação de Recursos Ambientais e Hidrometeorologia do estado, mínima de -2°C foi registrada em Urupema (SC).

Até o momento, não há registro de danos em lavouras de culturas de inverno por conta do frio.

Geada em Urupema (SC) nesta terça-feira (04) - Foto: Marcelo Macedo/Redes sociais Geada em Urupema (SC) nesta terça-feira (04) - Foto: Marcelo Macedo/Redes sociais Geada em Urupema (SC) nesta terça-feira (04) - Foto: Marcelo Macedo/Redes sociaisGeada em Urupema (SC) nesta terça-feira (04) - Foto: Marcelo Macedo/Redes sociais Geada em Urupema (SC) - Foto: Reprodução/São Joaquim Online Geada em Urupema (SC) - Foto: Prefeitura de UrupemaGeada em Urupema (SC) - Foto: Prefeitura de Urupema


Veja o mapa com a previsão de temperatura mínima para até 93 horas (04/06 a 07/06) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de temperatura mínima para até 93 horas (04/06 a 07/06) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Em entrevista ao Notícias Agrícolas, Morgana Almeida, chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) havia previsto a onda de frio sobre áreas do Centro-Sul do Brasil, com queda de até 5°C em algumas localidades.

"Não teremos nada de extraordinário, de frio intenso, mas teremos manhãs e madrugadas frias. Então a população precisa estar bem informada", destacou a meteorologista. Além da ocorrência de geada já nesta terça, a quarta-feira também pode ter a condição.

Veja o mapa das áreas com alerta de geada nesta 4ª feira:

Mapa das áreas com alerta de geada nesta 4ª feira - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

O Inmet aponta chances de ocorrência de geada nesta quarta-feira de moderada a fraca intensidade sobre os três estados da região Sul. Pontos do Paraná e da Serra Catarinense e gaúcha é que podem ter a ocorrência de geadas de moderada intensidade.

A onda de frio também chegou em áreas do Sudeste brasileiro. Todo o estado de São Paulo tem aviso emitido de declínio de temperatura com grau de severidade de perigo. "Risco à saúde. Declínio maior que 5ºC", destacou o instituto meteorológico brasileiro.

Veja o mapa das áreas com alerta de declínio de temperatura nesta 3ª:

Mapa das áreas com alerta de declínio de temperatura nesta 3ª - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Aviso para as áreas: Campinas, Bauru/Araraquara/Piracicaba, Itapetininga, Ribeirao Preto, Araçatuba/São José Do Rio Preto, Sorocaba/Brangança Paulista, Vale Do Paraíba/Litoral Norte, Metropolitana De Sao Paulo, Litoral Sul/Baixada Santista/Vale Do Ribeira, Presidente Prudente/Marília/Assis, Serra Da Mantiqueira

Até o momento, de acordo com medições do Inmet, as cinco menores temperaturas pelo país ocorreram em áreas do Sul do Brasil. Bom Jesus (RS): 3,2°C, Santa Vitoria do Palmar (RS): 5,4°C, Bagé (RS): 6,1°C, Lagoa Vermelha (RS): 6,4°C e Caxias do Sul (RS): 7,8°C.

Enquanto o frio predomina sobre o Centro-Sul do Brasil, uma condição mais firme é esperada para a maior parte do país. Nos próximos sete dias, segundo o mapa de precipitação acumulada do Inmet, as chuvas mais volumosas vão se concentrar sobre o Norte do país.

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para os próximos sete dias:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para os próximos sete dias - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Previsão estendida de chuvas para o Brasil

De acordo com o mapa de previsão estendida do centro de previsão da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês), no período de 04 até 12 de junho, as chuvas mais volumosas caem sobre áreas da faixa Norte do país e um cenário de tempo firme segue sobre a maior parte do país.

De 12 de junho até 20 de junho, as precipitações mais volumosas voltam a se concentrar sobre áreas ao extremo Norte, mas voltam a ocorrer em áreas da região Sul, mas em baixos volumes e de forma bastante isolada. O tempo permanece firme sobre a maior parte do país neste período.

Veja o mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 04 até 20 de junho:

Mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 04 até 20 de junho - Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA
Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA

Milho safrinha na Faz. Brocco em Pato Branco (PR). Envio do Técnico Jonatan Tayllel Soares.
Milho safrinha na Faz. Brocco em Pato Branco (PR). Envio do Técnico Jonatan Tayllel Soares.

Foto em Cafelandia (PR). Envio de Alvaro Busetti
Foto em Cafelandia (PR). Envio de Alvaro Busetti

Área de milho safrinha em Mariópolis (PR).Envio de Alison Andreola Bortolotto ATV Pioneer sementes
Área de milho safrinha em Mariópolis (PR).Envio de Alison Andreola Bortolotto ATV Pioneer sementes

Envie sua foto ou vídeo! Fale com a gente pelo WhatsApp (19) 99767-0241

» Clique e veja mais informações na página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário