MS tem alerta para quedas de temperaturas nesta 5ª feira; Paraná registra geada em lavouras de feijão

Publicado em 07/05/2020 10:06 e atualizado em 07/05/2020 11:05 2439 exibições

 

LOGO nalogo

Após a passagem da frente fria em todo o sul do país, o sistema passou avançar para o Centro-Norte do Brasil e a massa de ar pólar já começa a derrubar as temperaturas em alguns estados. No Rio Grande do Sul, o declínio da temperatura acontece desde a terça-feira (5) e agora o Instituto Nacional de Meteorologia também tem alerta de declínio de temperatura para o Mato Grosso do Sul, que é válido até às 7h da sexta-feira (8).

De acordo com o Inmet, todo o Mato Grosso do Sul deve ter um declínio maior que 5ºC. Segundo os modelos, as temperaturas em todo o estado devem cair de 22ºC para 8 graus em algumas regiões. O aviso é válido para as áreas: Leste Sul-Mato-Grossense, Sul E Sudoeste Sul-Mato-Grossense, Pantanal Sul-Mato-Grossense, Centro Norte Sul-Mato-Grossense. 

Veja o mapa de previsão de temperaturas previstas para todo o Brasil: 

Temperaturas - 24 horas - Inmet 0705
Fonte: Inmet

As temperaturas também continuam baixas no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Segundo o Inmet, nos três estados as temperaturas não devem ultrapassar os 10º graus nas próximas 24 horas. Na manhã desta quinta-feira (7) foram registradas geadas em lavouras de feijão, confirmando as previsões e alertas do Inmet do dia anterior.

Veja o vídeo enviado ao Notícias Agrícolas:

Mamborê/PR 

Após a passagem dessa frente fria, as previsões mais recentes da Administração Oceânica e Atmosférica (NOAA) indicam que o Rio Grande do Sul ainda poderá ter chuvas no período entre 7 e 15 de maio, com bons volumes. O NOAA também aponta volumes expressivos para o Mato Grosso do Sul neste período, com precipitação podendo chegar acima de 60 milímetros. Já Paraná e Santa Catarina devem passar por mais um período sem receber grandes chuvas. 

As previsões apontam ainda que entre o dia 15 e 23 de maio, quase todo o país terá tempo estável. Os mapas indicam ainda possibilidades de chuvas para o Paraná, entre 40 e 50 milímetros de precipitação.

Veja o mapa de previsão estendida para todo o Brasil: 

NOAA - 07/05
Fonte: NOAA 

 

Nas próximas 24 horas, no Centro-Oeste, apenas o extremo norte do Mato Grosso deve receber chuvas. Segundo o modelo Cosmo, os volumes devem ficar entre 60 e 70 milímetros na região. As chuvas desta região também são influenciadas pela atuação da frente fria. Goiás pode receber chuvas pontuais, mas sem volumes expressivos. Já para a região do Matopiba, não há previsão de chuvas para nenhum dos estados. 

No Sudeste, onde as temperaturas também estão mais baixas, os maiores volumes são esperados para o Rio de Janeiro - entre 20 e 40 mm em todo o estado. Sul de Minas Gerais, Espírito Santo e São Paulo tem previsão de chuvas, mas sem volumes significativos. 

Veja o mapa de previsão de precipitação para as próximas 93 horas em todo o Brasil: 

93 horas - Inmet - 0705
Fonte: Inmet 

 

Choveu em Santa Catarina e no Paraná nas últimas 24 horas, mas de acordo com dados do Inmet, as chuvas mais expressivas atingiram apenas o oeste dos dois estados. Segundo os mapas, as precipitações não ultrapassaram os 30 mm. As previsões indicavam chuvas de até 40 mm em todo o estado. 

Segundo Elmar Floss, doutor em Agronomia, especialista em fisiologia e nutrição de plantas, no caso de Santa Catarina e Paraná, os milhos que foram plantados mais cedo e que sofreram com a irregularidades de chuvas não terão nenhum alívio e as perdas nos dois estados, para esses casos, podem ser consideradas consolidadas. Já para os grãos que foram semeados de maneira tardia, em decorrência do atraso de chuvas e plantio na soja, ainda há chance de terem um desenvolvimento positivo se as chuvas passarem a ser mais regulares na região

>>> Últimas chuvas aliviam lavouras do PR e MS apenas por uma semana: Milho já tem perdas de 30% e situação pode piorar

Veja o mapa de precipitação acumulada em todo o Brasil nas últimas 24 horas: 

Últimas 24 horas - Inmet - 0705

Lavoura de Gergelim, foto em Santiago do Norte (MT). Envio de Michele Guizini
Lavoura de Gergelim, foto em Santiago do Norte (MT). Envio de Michele Guizini

Milho Safrinha, fazenda Água Azul em Tupaciguara (MG). Envio de Celso do Vale
Milho Safrinha, fazenda Água Azul em Tupaciguara (MG). Envio de Celso do Vale​

Clique e envie sua foto ou vídeo e apareça aqui no Notícias Agrícolas! Fale com a gente através do WhatsApp (19) 99767-0241, direct no Instagram @noticiasagricolasou use a hashtag #imangensdodia
 

 

 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário