Frente avança e chuva chega hoje no sul do Brasil com previsão de temporais e ventos fortes

Publicado em 25/06/2020 10:25 e atualizado em 25/06/2020 11:02 3810 exibições

LOGO nalogo

Os modelos mais recentes do Instituto Nacional de Merteorologia (Inmet) mostram que a frente fria prevista para o sul do Brasil começa a ganhar força nesta quinta-feira (25) e a tendência é que o Rio Grande do Sul tenha chuva fortes nas próximas 24 horas. Além disso, são esperados temporais para o RS e parte de Santa Catarina, com ventos fortes para os dois estados. 

Mais uma vez, a frente fria deve passar de maneira muito rápida e em seguida a atuação de uma massa de ar frio ganha intensidade, derrubando as temperaturas na região. Para o Rio Grande do Sul, os volumes mais expressivos devem ser registrados na região norte - com precipitação entre 40 e 50 milímetros de precipitação. Nas demais regiões, os acumulados devem ficar entre 20 e 30 mm. 

"O maior risco para temporais é no estado do Rio Grande do Sul e no centro-oeste e sul de Santa Catarina. As rajadas de vento podem chegar aos 80 km/h em muitos locais, mas nas serras gaúcha e catarinense, as rajadas podem alcançar até 100 km/h", afirma a Climatempo na previsão para esta quinta-feira. 

A previsão indica ainda chuvas para o oeste e de Santa Catarina e Paraná com acumulados entre 20 e 30 mm. Os modelos apontam ainda que com o avanço do sistema, a partir de sábado (27) as chuvas ganham intensidade no Paraná e o final de semana deve ficar com tempo estável no Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Quanto aos volumes, é previsto que o extremo norte do Paraná receba chuvas entre 50 e 70 milímetros de precipitação. Nesta região, as chuvas devem permanecer durante todo o final de semana. O sistema avança também para São Paulo, com volumes acima de 40 mm na região sul do estado. Já para o centro de SP, são esperadas chuvas com volumes entre 20 e 30 mm. 

No final de semana também volta a chover no Mato Grosso do Sul e apenas a região norte não deve receber chuvas. Para as outras regiões são esperados volumes entre 20 e 30 mm de precipitação. As chuvas são esperadas pelo produtor de milho e caso os volumes se confirmem, a chuva dos próximos dias garantem o desenvolvimento da safra. 

Veja o mapa de previsão de precipitação para as próximas 93 horas: 

93 horas - Inmet - 2506
Fonte: Inmet 

A partir de sexta-feira, as previsões de temperatura do Inmet apontam que o declínio de temperatura deve ser de, pelo menos, 6 graus no Rio Grande do Sul, aumentando a chance de geadas nas regiões serranas do estado. Os modelos indicam temperaturas entre 4 e 6 graus para todo o estado, mas segundo o Inmet, a mínima pode ser ainda mais baixa das regiões serranas do RS. 

A massa de ar frio deve atingir também a região serrana de Santa Catarina e há possibilidade de avançar até o oeste do Paraná. No caso de Santa Catarina, as temperaturas devem ficar entre 6 e 8 graus, com exceção do extremo leste que pode registrar temperaturas mais altas, entre 14 e 16 graus. No Paraná, o declínio deve ser mais expressivo na região sul, entre 8 e 10 graus.As geadas e declínios mais expressivos, no entanto, devem ficar restritos ao Rio Grande do Sul desta vez. 

Veja o mapa de previsão de temperatura para a próxima sexta-feira (26): 

Temperaturas - Inmet - 2506
Fonte: Inmet
 

 


 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário