HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Inmet: Quarta-feira ainda tem previsão de muita chuva no Paraná e Santa Catarina

Publicado em 20/01/2021 10:51 4108 exibições
Centro-Oeste terá dia típico de Verão com pancadas de chuvas no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul

LOGO nalogo

A quarta-feira (20) será marcada por tempestades em boa parte do país. O Insituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta de tempestade para várias regiões do país válido até as 23h desta quarta. 

Segundo Mamedes Luiz Melo, meteorologista do Inmet, na parte Sul do país, a passagem de uma frente fria segue influenciando as condições do tempo. Norte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná têm alerta laranja para tempestade.

"Chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, ventos intensos (60-100 km/h), e queda de granizo. Risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos", afirma a publicação oficial. 

Veja o mapa de alerta emitido pelo Inmet: 

Alerta laranja Sul - 2001
Fonte: Inmet 

 

Falando em volumes, as chuvas mais expressivas são previstas para Santa Catarina e no Paraná. O estado catarinense pode registrar acumulados entre 50 e 60 mm na região leste, enquanto as demais áreas do estado podem registrar chuvas entre 20 e 40 mm. No Paraná, também na região leste, os acumulados podem chegar a 70 mm nas próximas 24 horas. Também há previsão de chuvas para o norte do Rio Grande do Sul, porém com volumes mais baixos. 

Nas demais regiões do país, um corredor de umidade descendo do Amazonas favorece a formação de nuvens carregadas e típicas de Verão. O modelo Cosmo prevê chuvas entre 20 e 40 mm para o Mato Grosso do Sul e chuvas entre 20 e 30 mm para o Mato Grosso. "A tendência é que as chuvas aconteçam com força em forma de pancadas e com grande volumes", afirma o especialista. 

Para o Sudeste, a Climatempo destaca que o ar quente e úmido continua chegando da região Norte, estimulando a formação de nuvens. "Além disso, a presença de uma área de baixa pressão atmosférica próximo ao litoral paulista facilita a formação das áreas de instabilidade sobre o estado", afirma a consultoria. 

Nos demais estados da região Sudeste, assim como parte da região Nordeste do Brasil, o vórtice ciclônico segue impedindo o avanço das chuvas. Segundo o modelo Cosmo, nos próximos sete dias não há indicativos de chuvas expressivas em toda área. 

Veja o mapa de previsão de precipitação para as próximas 93 horas:

93 horas - Inmet - 2001 
Fonte: Inmet 

 

 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário