Produtores de Goiás apostam que Senado faça poucas mudanças no novo Código Florestal

Publicado em 25/05/2011 17:10 368 exibições
Representantes do setor ainda temem veto da presidente Dilma.
Em Goiás, produtores rurais acreditam que o Senado deve fazer poucas mudanças no projeto do novo Código Florestal aprovado pela Câmara. Mas representantes do setor ainda se dizem preocupados com a possibilidade de veto da presidente, Dilma Roussef, a pontos considerados polêmicos no texto.

A vitória com uma boa margem, deixou animado o presidente da Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura (SGPA), Ricardo Yano. Ele destaca a grande participação dos parlamentares, principalmente da bancada ruralista. Isso pode ter peso no Senado, mesmo com a articulação do governo contra alguns pontos do texto de Aldo Rebelo (PCdoB).

– Um número grande de deputados entendeu a importância desse Código, e a gente espera que continue assim no Senado, principalmente para dar mais tranquilidade ao produtor. Precisamos de tranquilidade para continuar aumentando a produção para o mundo inteiro, cuidando com sustentabilidade, com equilíbrio com a natureza. Porque o único país do mundo que ainda cuida desses recursos naturais é o Brasil – disse.

A aprovação do novo Código Florestal ainda não foi comemorada por completo. As entidades que se mobilizaram pela aprovação vivem a expectativa de uma nova queda de braço no Senado. A ameaça do governo de vetar parcialmente a proposta também preocupa.

– Não tem benefício nenhum aos produtores. Há alguns anos atrás, o governo incentivava o produtor que fosse para o norte para desmatar e tinha toda uma condição. Você só conseguia pegar o direito da sua terra depois de fazer um trabalho nessa propriedade e agora está se entendendo como subsídio, uma isenção, não é verdade. A gente quer tranquilidade para produzir, e esse Código vai dar uma tranqüilidade. Pois todo mundo vai entrar na legalidade, e é isso que a gente quer – afirma Yano.

Fonte:
Canal Rural

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

1 comentário

  • Telmo Heinen Formosa - GO

    Através das noticias de hoje em dia e os respectivos comentários bem como as respostas às perguntas em entrevistas dá para ver como nosso povo "é por fora" do trâmite legislativo. Não temos nada a comemorar com a votação de 410 a 63, afinal depois de tantas concessões o acôrdo era a votaçã do Relatório com destaque [164] e neste como se sabe a votação foi de 273 a 182. Apenas 16 votos além dos 257 necessários para ter a maioria. Com POUCA ou muita modificação no Senado, a matéria retorna para a Câmara e até lá o Palocci estará recuperado e a corrupção esquecida. Portanto, muito cuidado.

    0