Projeto de Lei 10.867/2018 que cria a Semana Nacional do Feijão e Arroz foi protocolado

Publicado em 18/10/2018 10:59
66 exibições

Representantes do Conselho Brasileiro do Feijão e Pulses (CBFP) e da Associação Brasileira da Indústria do Arroz (ABIARROZ), respectivamente Egon Schaden Junior e Andressa Silva, secretários-executivos dos referidos órgãos, estiveram nesta quarta feira, 16, com o Deputado Jerônimo Goergen (PP-RS). No encontro, foi protocolado o Projeto de Lei nº 10.867/2018, que cria a Semana Nacional do Feijão e Arroz. O projeto tem como objetivo ajudar na promoção e aumento do consumo destes alimentos tão fundamentais para a saúde do brasileiro e para a garantia de renda dos produtores e demais elos da cadeia produtiva. Em 16 de outubro é celebrado o Dia Mundial da Alimentação Saudável. Esta iniciativa das entidades e do deputado vai ao encontro dos objetivos estratégicos de apoio às campanhas de divulgação dos benefícios do feijão e do “par perfeito” com arroz. A ideia é que no futuro essa semana seja celebrada anualmente, ajudando no consumo dos grãos. O Projeto agora vai tramitar nas Comissões da Câmara dos Deputados e do Senado Federal até se tornar lei.

Tiago Stefanello Nogueira, presidente do CBFP, afirmou que o projeto de lei que cria a Semana Nacional do Feijão e Arroz “é uma pauta antiga da cadeia produtiva e de extrema importância para todos pois ajuda a fomentar o consumo de alimentos saudáveis ao mesmo tempo que estimula a produção dos grãos”.

A redução no consumo do arroz e feijão e o alto consumo de alimentos industrializados podem ser apontados como as principais causas do aumento da obesidade infantil. Com o intuito de orientar a prática e o resgate de uma alimentação barata e saudável é que o referido projeto foi proposto, e, caso seja aprovado, a Semana Nacional do Feijão e Arroz será integrada à Semana Mundial da Alimentação, contada a partir do dia 16 de outubro.

Andressa Silva, diretora-executiva da Associação Brasileira da Indústria do Arroz (ABIARROZ), comenta que a falta de informação de muitas pessoas sobre os nutrientes fornecidos por esses alimentos faz com que acreditem em “informações equivocadas” de profissionais “que afirmam que arroz e feijão engordam e banem esses produtos da dieta das pessoas que querem emagrecer.” Ela aponta que a “proposta do Projeto de Lei é manter a cultura e o hábito de consumo desses produtos e informar constantemente a população brasileira da importância deles para a manutenção da saúde”.

Presidente do Instituto Brasileiro do Feijão e Pulses, Marcelo Lurdes disse que propor a criação dessa semana foi a primeira ação de muitas que o IBRAFE, CBFP e ABIARROZ poderão criar a fim de que a Semana Nacional do Feijão e Arroz, se instituída, seja estrategicamente pensada para que se tratem assuntos relevantes, sejam nutricionais ou mesmo de estratégia de marketing para o setor, e que considera isso fundamental, “não é só uma ação a mais sem um reflexo para a mercado”.

Com a instituição da Semana do Feijão e Arroz, serão promovidas ações de conscientização sobre a importância desses dois alimentos, voltadas principalmente para crianças, e se torna obrigatório incluir o arroz e o feijão nas refeições servidas nas escolas, com recursos advindos do Plano Nacional de Alimentação Escolar.

Fonte: Acebra

Nenhum comentário