Sobrou comprador de Feijão-carioca novo

Publicado em 03/06/2019 15:30
471 exibições
As apostas e as discussões sobre o quanto estaria disponível esta madrugada no Brás, em São Paulo, esquecem que lá não há sistema de checagem de que realmente entrou. Quem garante se foi 10 ou 30 mil. Portanto, sempre é bom lembrar que o que deve determinar o preço é o que é reportado por produtores, corretores, compradores e vendedores do que está sendo pago lá nas lavouras. Sendo assim, o parâmetro é o que ocorreu na sexta-feira e no sábado, com negócios entre R$ 155/160, mas sobraram compradores insistindo nos R$ 160 por saca de 60 quilos. 
Feijão-preto - Com as chuvas intensas na região, várias estradas estão interditadas pelo transbordamento dos rios e outras tantas estão intransitáveis para caminhões. Isto contribui para que, pelo menos hoje e amanhã, haja menor volume de ofertas.
Fonte: IBRAFE

0 comentário