Feijão, por Ibrafe: Empacotadores autorizam venda somente da cota

Publicado em 22/02/2021 08:36 165 exibições

Estamos vivenciando um longo período de preços favoráveis aos produtores. Ainda assim, o Feijão-preto, que havia sido balizado em R$ 350, na semana foi difícil achar vendedores neste patamar. Os comerciantes menores estão buscando diluir o custo misturando Feijões de qualidade/aparência média com os mais fracos. Atender quem compra preço acaba sendo o Feijão mais lucrativo para eles. Assim, escoa também o Feijão de pior qualidade. Para o Feijão-carioca, cada semana coloca um desafio maior para os empacotadores. Negociar com o varejo e cuidar para não ficar sem produto. “Administrar os vendedores é um desafio”, comentava um empacotador mineiro. “É difícil entenderem que, mais do que nunca, só podemos trabalhar com cotas reduzidas. Não é hora de abrir novos clientes no varejo. Não temos produto nem para atender os tradicionais compradores”. Portanto, nada de novo no fronte, cada um enfrenta problemas diferentes, produtores ou empacotadores não têm vida fácil.

Fonte:
Ibrafe

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário