Suínos: Para solucionar embargo ao produto brasileiro, Abipecs solicita missão veterinária à Ucrânia

Publicado em 22/03/2013 15:13
364 exibições
Após a Ucrânia ter anunciado a suspensão das importações da carne suína brasileira, o presidente da Abipecs (Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Carne Suína), Pedro de Camargo Neto, solicitou ao novo ministro da Agricultura, Antônio Andrade, que uma missão veterinária vá ao país para solucionar o embargo ao produto. Na última quarta-feira (22), o serviço oficial de controle sanitário ucraniano encaminhou um documento à embaixada brasileira informando as restrições.

No ano passado, a Ucrânia ultrapassou a Rússia como maior comprador da carne suína brasileira. Somente no mês de fevereiro foram embarcadas ao país 8.775 toneladas, segundo levantamento da associação divulgado no início de março. No mesmo período, o Brasil exportou cerca de 40,7 mil toneladas de carne. 

Em comparação com igual período do ano passado os embarques registraram um crescimento de 6,52%, no acumulado do primeiro bimestre deste ano, com o envio de 80.097 mil toneladas. Os principais destinos foram a Rússia, Hong Kong e Ucrânia. As importações russas cresceram 84%, com 10.964 toneladas, em relação a fevereiro de 2012, já as compras de Hong Kong totalizaram 9.171 toneladas. 

Frente a esse cenário, há rumores no mercado de que a Ucrânia estaria enviando o produto brasileiro ao mercado russo. Situação que justificaria permanência do embarque da Rússia à carne suína nacional e o aumento nas importações ucranianas.
Tags:
Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário