Frente Parlamentar da Suinocultura quer derrubar recurso que atrasa sanção da presidente ao PGPM do setor

Publicado em 12/09/2013 10:58
275 exibições

O presidente da Frente Parlamentar da Suinocultura no Congresso Nacional, deputado Vilson Covatti, enviou na tarde de da quarta-feira (11) um comunicado aos suinocultores, líderes do setor e representantes da entidade brasileira e estaduais de criadores de suínos, referente aos 52 deputados que assinaram um recurso contra a tramitação em caráter conclusivo do Projeto de Lei nº 7.416, de 2010, que inclui a carne suína na pauta de produtos amparados pela Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM).    

O comunicado refere-se a uma campanha para a derrubada do recurso.

De acordo com Covatti, se pelo menos 27 dos 52 deputados retirarem suas assinaturas do requerimento liderado pelo deputado Hugo Leal (PSC/RJ), o recurso será derrubado e, assim, o projeto seguirá para a sanção da presidente Dilma Rousseff.
           
Leia na íntegra: Comunicado do Deputado Vilson Covatti aos suinocultores

A nossa luta pela aprovação do Projeto de Lei que inclui a carne suína na Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM) continua. Esperávamos que após a aprovação do meu relatório na CCJ o projeto fosse para sanção presidencial. Porém, 52 deputados assinaram um recurso contra a tramitação em caráter conclusivo, fazendo com que o projeto também passe a ser apreciado pelos Plenários da Câmara e do Senado, inviabilizando o benefício em curto prazo.

Eu, como presidente da Frente Parlamentar da Suinocultura no Congresso Nacional, iniciei uma campanha para a derrubada deste recurso. Estou articulando, juntamente com a ABCS e CNA, para que pelo menos 27 dos 52 deputados retirem as suas assinaturas do requerimento liderado pelo Deputado Hugo Leal (PSC/RJ). Se conseguirmos as 27 assinaturas, o recurso será derrubado e o projeto finalmente será encaminhado para sanção da presidente Dilma Rousseff. Vale o nosso esforço.
Em anexo segue a lista dos deputados que assinaram o recurso contra a tramitação em caráter conclusivo. Peço que, se tiverem contato com algum desses colegas deputados, mostrem a importância do projeto para os produtores e ajudem a convencê-los de retirar a assinatura do recurso. A união faz a força. Conto contigo!
 
Carta da ACSURS

Na tarde de terça-feira (10), a iniciativa também partiu do presidente da Associação de Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul (ACSURS), Valdecir Luis Folador, que redigiu uma carta aos dois deputados gaúchos que votaram contra o Projeto: Assis Melo (PCdoB/RS) e José Stédile (PSB/RS). Folador ressaltou a importância da suinocultura tanto para o Rio Grande do Sul quanto para o País.

Já durante a quarta, um ofício foi encaminhado pela ACSURS para todos os 52 deputados, para que retirem suas assinaturas do requerimento e votem à favor do Projeto de Lei nº 7.416.
 
Votaram contra

Dos 513 deputados em exercício na Casa, votaram contra o Projeto de Lei nº 7.416, de 2010, 52 deles: Adrian (PMDB/RJ); Afonso Florence (PT/BA); Amauri Teixeira (PT/BA); Antônio Lúcia (PSC/AC); Assis Carvalho (PT/PI); Assis Melo (PCdoB/RS); Cândido Vaccarezza (PT/SP); Chico Alencar (PSOL/RJ); Costa Ferreira (PSC/MA); Domingos Dutra (PT/MA); Dr. Ubiali (PSB/SP); Erika Kokay (PT/DF); Glauber Braga (PSB/RJ); Hugo Leal (PSC/RJ); Isaias Silvestre (PSB/MG); Janete Capiberibe (PSB/AP); Jean Wyllys (PSOL/RJ); Jesus Rodrigues (PT/PI); João Dado (PDT/SP); João Paulo Lima (PT/PE); José Carlos Araújo (PSD/BA); José Guimarães (PT/CE); José Stédile (PSB/RS); Júlio Campos (DEM/MT); Júlio César (PSD/PI); Keiko Ota (PSB/SP); Laércio Oliveira (PR/SE); Leonardo Monteiro (PT/MG); Luci Choinacki (PT/SC); Luciano Castro (PR/RR); Luis Fernando Machado (PSDB/SP); Manoel Júnior (PMDB/PB); Mauro Benevides (PMDB/CE); Miriquinho Batista (PT/PA); Nilmário Miranda (PT/MG); Osmar Serraglio (PMDB/PR); Osvaldo Reis (PMDB/TO); Padre Ton (PT/RO); Pastor Eurico (PSB/PE); Paulão Pital (PT/AL); Paulo Rubem Santiago (PDT/PE); Pedro Eugênio (PT/PE); Professora Dorinha Seabra Reze (DEM/TO); Raul Henry (PMDB/PE); Renan Filho (PMDB/AL); Ricardo Berzoini (PT/SP); Silvio Costa (PTB/PE); Valdivino de Oliveira (PSDB/GO); Vicente Arruda (PR/CE); Vicente Cândido (PT/SP); Vicentinho (PT/SP); e Waldenor Pereira (PT/BA).

Tags:
Fonte: ACSURS

0 comentário