Suínos: Apesar de aumento nos embarques, preço interno recua

Publicado em 07/03/2014 10:06 356 exibições

Os valores do suíno vivo e da carne recuaram com força em fevereiro e estão enfraquecidas neste início de março. De acordo com pesquisadores do Cepea, esse movimento é considerado normal no início do ano, porque o consumo tende a ser menor, o que é reforçado, neste ano, pelo forte calor. As cotações internas registraram queda mesmo com o aumento das exportações brasileiras de carne suína entre janeiro e fevereiro. A carcaça comum suína comercializada no atacado da Grande São Paulo se desvalorizou 14,9% no acumulado de fevereiro, fechando a R$ 4,93/kg no dia 28. Para a carcaça especial, a queda acumulada no período foi de 13,8%, a R$ 5,17/kg. Quanto ao animal vivo, dentre as regiões paulistas, a desvalorização mais intensa em fevereiro, de 20,7%, foi registrada em Avaré/Fartura, onde o quilo do animal passou a ser comercializado na média de R$ 3,24 no dia 28 de fevereiro.

Tags:
Fonte:
Cepea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário