Frango: Preço do vivo ainda não deve recuperar no início de maio

Publicado em 07/05/2014 16:02 207 exibições

Após um tempo de estabilidade, o preço do frango vivo nas principais praças do país sofreu algumas quedas expressivas na segunda metade do mês de abril.

De acordo com o analista Augusto Maia, do Cepea, o mercado tinha boas expectativas para a primeira semana de maio, mas os números preliminares indicam que o aumento do volume de vendas não deve ser expressivo para causar alta no preço do animal vivo.

Durante o mês de abril, houve um acúmulo de queda de preços das carnes em geral. No caso da carne de frango, os frigoríficos, em virtude dos feriados, perderam dias de abate e ocasionaram em um acúmulo de animais na granja que desregulou a oferta.

O analista aponta que o custo de produção também tem sido um fator responsável pelo desequilíbrio de preços nas mais variadas regiões. O milho, principal produto utilizado na ração animal teve uma alta controlada por conta da seca durante o plantio em algumas localidades.
                              
O setor, no entanto, possui uma visão positiva para o aumento de demanda nos próximos meses. A chegada da Copa do Mundo, apesar de ainda não ser um fator decisivo, com comportamento definido, traz ânimo aos avicultores.

Desde a última sexta-feira, o frango vivo está cotado a R$2,20/kg em São Paulo, R$2,15/kg em Santa Catarina, R$2,10/kg no Paraná e R$2,05/kg em Minas Gerais.

Tags:
Por:
Izadora Pimenta
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário