Frango: Aquecimento da demanda e exportação sustentam preço da carne

Publicado em 09/05/2014 10:38 340 exibições

As quedas de preços da carne de frango, que vinham predominando ao longo de abril, perderam força neste início de maio, com altas em algumas praças pesquisadas pelo Cepea. O principal fator responsável por essa mudança de comportamento foi a típica reação das vendas neste período do mês (recebimento de salários). Além disso, o aumento das exportações de carne de frango in natura em março e abril pode ter limitado um pouco a disponibilidade interna do produto. Segundo dados da Secex, foram embarcadas 318 mil toneladas de carne de frango in natura em abril, volume 8% superior ao de março e 3,4% maior que o do mesmo período do ano passado. Em Reais, a receita obtida com os embarques de carne de frango foi de R$ 1.319,00 milhões em abril, 7,2% acima da de março, mas 2,8% abaixo da de abril do ano passado. Em dólar, o montante arrecadado em abril, de US$ 590,70 milhões, superou em 11,7% a de março, porém, ficou 12,8% inferior à de igual período do ano.

Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário