Proteína Animal: Suíno vivo apresenta alta em SC e queda em MG; estabilidade no frango vivo

Publicado em 01/09/2014 14:15 e atualizado em 02/09/2014 13:15 322 exibições

Nesta segunda-feira (1), o suíno vivo continua com movimento estável em grande parte das principais praças, exceto por Minas Gerais, que sofreu uma queda de preço, passando de R$4,70/kg para R$4,50/kg e Santa Catarina, que subiu para R$4,20/kg.

De acordo com o analista Allan Hedler, de Safras & Mercado, os preços do suíno vivo continuam recebendo forte influência do efeito russo, mas também é responsável a baixa disponibilidade de animais no mercado interno.

As exportações para o mercado russo para o suíno, portanto, devem ter aumento nos próximos meses, mas sem grandes volumes expressivos. Os produtores devem ser cautelosos com aumentos na produção para não entrarem em uma crise como a de 2012, quando houve uma quebra no mercado em decorrência do excesso de produção. O impacto russo pode não ser tão grande, uma vez que a Rússia já vinha diminuindo suas exportações dos Estados Unidos desde o ano passado.

Frango

O frango vivo continua estável em todas as principais praças nesta segunda-feira. O setor acredita em preços mais expressivos neste mês de setembro em função do aumento dos preços das carnes bovina e suína, que impactam diretamente no ponto de venda e na escolha do consumidor.

Hedler aponta que as aves possuem também uma maior margem de aumento de exportações, já que a produção se mostra em número elevado em relação à demanda interna - o que também impede um crescimento mais expressivo por hora.

Confira as cotações nas principais praças nesta segunda-feira:

Suíno vivoFonte: Suino.com
Estado Preço Máximo (R$/kg vivo) Variação (%)
Santa Catarina 4,20 +2,44
Paraná 3,93 0,00
Rio Grande do Sul 4,36 0,00
São Paulo 4,69 0,00
Mato Grosso 3,76 0,00
Goias 3,90 0,00
Minas Gerais 4,50 -4,26
BRF/SC* 3,20 0,00
Aurora/SC* 3,30 0,00
Pamplona/SC* 3,20 0,00
FrangoFonte: Valor Rural
Praça Preço - R$ / kg Variação (%)
Goias/GO s/ cotação -
Cascavel/PR 1,89 0,00
Jacarezinho/PR 2,70 0,00
Maringa/PR 2,05 0,00
Toledo/PR 2,50 0,00
Umuarama/PR 2,50 0,00
Chapecó/SC 1,86 0,00
Palmitos/SC 1,86 0,00
Sul Catarinense/SC 1,89 0,00
São Paulo/SP 2,50 0,00
Tags:
Por:
Izadora Pimenta
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário