Proteína Animal: Frango e suíno vivos se mantém estáveis nas principais praças nesta quarta-feira (17)

Publicado em 17/09/2014 12:55 e atualizado em 18/09/2014 14:23 221 exibições

Nesta quarta-feira (17), o frango e o suíno vivo se mantêm estáveis nas principais praças do país.

O controle da oferta por parte dos produtores, seja intencional no caso do frango ou um movimento normal, no caso do suíno, faz com que os mercados se mantenham aquecidos, somando também a demanda russa.

Para o Presidente da Associação Paulista de Avicultura, Érico Pozzer, o mercado de aves, particularmente, está sendo influenciado pelos embarques e preço de outras proteínas. “Os embarques para Rússia iniciaram em setembro, o que deu enxugada no mercado. As carnes bovinas e suínas também estão muito caras fazendo com que o consumidor migre para carne de frango”, afirmou.

A relação de troca para os produtores também se mostra favorável. De acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Esalq-USP (Cepea), os valores do milho não encontraram sustentação no mercado interno, o que faz suas cotações em baixa influenciarem, diretamente, o preço das rações ao produtor.

Nos dez primeiros dias úteis de setembro, o Brasil exportou US$69,1 milhões em carne suína, com uma média diária de US$6,9 milhões. Este valor representa uma quantidade total de 17 mil toneladas, com uma média diária de 1,7 mil toneladas, sendo que o preço médio foi de US$4.068,5 por tonelada. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

Em relação à média de agosto, houve uma alta de 11,4% em receita, 0,6% em volume e 10,7% em preço médio.

Já as exportações de carne de frango renderam US$277,7 milhões, com média diária de US$27,8 milhões, quantidade total de 146 mil toneladas - com média diária de 14,6 mil toneladas - e preço médio da tonelada a US$ 1.902,00.

Houve alta de 0,4% no valor total exportado em relação a agosto, 1,7% na quantidade e recuo de 1,2% no preço médio.

Confira as cotações nas principais praças:

Suíno vivoFonte: Suino.com
Estado Preço Máximo (R$/kg vivo) Variação (%)
Santa Catarina 4,20 0,00
Paraná 4,27 0,00
Rio Grande do Sul 4,45 0,00
São Paulo 4,69 0,00
Mato Grosso 3,76 0,00
Goias 3,90 0,00
Minas Gerais 4,50 0,00
BRF/SC* 3,20 0,00
Aurora/SC* 3,30 0,00
Pamplona/SC* 3,20 0,00
Fonte: Valor Rural
Praça Preço - R$ / kg Variação (%)
Goias/GO s/ cotação -
Cascavel/PR 1,89 0,00
Jacarezinho/PR 2,60 0,00
Maringa/PR 2,05 0,00
Toledo/PR 2,50 0,00
Umuarama/PR 2,70 0,00
Chapecó/SC 1,86 0,00
Palmitos/SC 1,86 0,00
Sul Catarinense/SC 1,87 0,00
São Paulo/SP 2,70 0,00
Tags:
Por:
Izadora Pimenta
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário