Suíno Vivo: Com negociações recordes em SP e SC, semana inicia com estabilidade nas principais praças

Publicado em 13/10/2014 16:54 e atualizado em 14/10/2014 17:51 186 exibições

Nesta segunda-feira (13), os valores praticados nas principais praças do país não sofreram alterações desde o último fechamento. Por outro lado, os negócios praticados em Santa Catarina e São Paulo permanecem sendo realizados acima da referência, que já são consideradas recordes.

Enquanto em Santa Catarina a bolsa de suínos fechou em R$ 4,50/kg, já há informações de negócios em R$ 4,60/kg. Segundo Losivânio de Lorenzi, presidente da Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS), a tendência é de melhora nos preços em todo o país, já que estas vendas demonstram que há espaço para novas altas. O presidente também acredita que estas referências devem permanecer ainda nestes patamares no próximo ano, já que há uma melhora nos valores para exportação e uma demanda interna sólida. 

Já em São Paulo, os últimos dados divulgados pela Associação Paulista de Criadores de Suínos (APSC) era de negócios realizados a R$ 95/@, acima do valor de referência da Bolsa de Suínos de São Paulo, de R$ 93/@, equivalente a R$ 4,96/kg. O que demonstra que o valor a ser negociado nesta semana, que será divulgado ainda nesta segunda-feira, deverá sofrer uma nova alta. 

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) também divulgou números positivos para o setor, de que a Rússia foi responsável por quase 40% das exportações realizadas em setembro. O esperado é de que neste mês o bom desempenho se repita, já que os embarques têm crescido gradativamente, principalmente pela curta janela de devido as geleiras do inverno russo, que impede o acesso ao país a partir de dezembro. Além da Rússia, Hong Kong também teve participação importante nas exportações brasileiras, de 20,57%. 

Confira os preços praticados nas principais praças nesta segunda-feira (13):

Suíno vivoSuíno vivoFonte: Suino.com
Estado Preço Máximo (R$/kg vivo) Variação (%)
VER HISTÓRICO »FECHAMENTO: 13/10/2014
 
Santa Catarina 4,50 0,00
Paraná 4,39 0,00
Rio Grande do Sul 4,53 0,00
São Paulo 4,96 0,00
Mato Grosso 3,95 0,00
Goias 4,50 0,00
Minas Gerais 4,80 0,00
BRF/SC* 3,40 0,00
Aurora/SC* 3,50 0,00
Pamplona/SC* 3,40 +3,03
Tags:
Por:
Sandy Quintans
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário