Ovos: Calor prejudica produção e demanda; preços se mantêm firmes

Publicado em 20/10/2014 10:26 57 exibições

O mercado de ovos avança outubro com as atenções voltadas ao clima. O forte calor nas principais regiões produtoras do País já tem causado, segundo colaboradores do Cepea, mortalidade de galinhas e alterado a qualidade dos ovos – como as aves comem menos e tomam mais água, a casca do ovo pode ficar menos resistente e o interior, mais aquoso. Como consequência, diminui o volume a ser ofertado, podendo motivar alta de preço. Ao mesmo tempo, porém, as temperaturas elevadas costumam retrair a demanda, o que limitaria os reajustes. Por enquanto, as vendas para a indústria (visando à produção de fim de ano) e o período de recebimento de salários têm garantido sustentação das cotações tanto dos ovos brancos como dos vermelhos na maioria das regiões pesquisadas pelo Cepea.

Tags:
Fonte:
Cepea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário