Suínos: Poder de compra frente ao milho é o menor desde jul/14

Publicado em 28/11/2014 09:43 33 exibições

A intensa queda de preços no mercado de suínos, iniciada na semana passada, se manteve nos últimos dias, chegando aos menores valores desde outubro. Por outro lado, os principais insumos utilizados na atividade suinícola – milho e farelo de soja – têm se valorizado desde o começo de novembro, reduzindo o poder de compra dos produtores independentes. Assim, a relação de troca entre o suíno vivo e os insumos nesta semana chegou ao menor patamar desde julho.

Em Campinas (SP), a relação de troca frente ao milho recuou 18,9% desde o início do mês, saindo de 12,22 quilos do cereal para um quilo do animal vivo para a proporção de 9,91 na última quinta-feira, 27. Em Chapecó (SC), a queda da relação foi de 27,5%, em 7,84 quilos de milho para um quilo de suíno. Estes são os menores patamares desde a primeira quinzena de julho de 2014. Segundo pesquisadores do Cepea, com a alta nos insumos, os produtores passaram a ofertar mais animais, pois os custos para mantê-los mais tempo nas granjas aumentaram. Dessa forma, os preços do vivo e da carne se enfraqueceram em todas as regiões pesquisadas pelo Cepea.

Tags:
Fonte:
Cepea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário