Suíno Vivo: Após altas, cotações fecham estáveis nesta 4ª feira

Publicado em 08/06/2016 18:13

As cotações para o suíno vivo fecharam estáveis nas principais praças de comercialização nesta quarta-feira (08). Na semana, diversas regiões registraram alta nas cotações, em que o mercado começa a recuperar os altos custos de produção.

No Rio Grande do Sul, os negócios estão em R$ 3,72/kg, após uma alta de R$ 0,16 na média da semana. Em São Paulo, a bolsa de suínos sinalizou negócios em entre R$ 80 a R$ 82/@ na semana, o equivalente a R$ 4,26 a R$ 4,37/kg. Na semana anterior, a referência estava entre R$ 75 a R$ 77/@.

Apesar da recuperação na praça paulista, o cenário ainda é de preocupação. Informações divulgadas pela APCS (Associação Paulista dos Criadores de Suínos) apontam que suinocultores paulistas estão há seis meses trabalhando no vermelho.

“Tivemos negócios ontem a R$ 56/saca do milho. A soja teve a R$ 1.540 toneladas - posto Rio Verde – que representa cerca de R$ 1.700 – posto granja de São Paulo. Ou seja, a reação dos preços dos suínos ainda não é suficiente para diminuir o custo de produção”, conta Valdomiro Ferreira Júnior, presidente da APCS. 

 Em entrevista ao Notícias Agrícolas, o analista do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), Augusto Maia explicou que os avanços de preços ainda estavam abaixo do esperado.“Ainda é pouco, o suinocultor precisa de um preço melhor, porque os custos estão muitos altos", destaca Maia.

» Acesse as cotações na íntegra para o suíno vivo 

 

Por:
Sandy Quintans
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário