Suíno Vivo: Após altas, mercado encerra 4ª feira com estabilidade

Publicado em 15/06/2016 17:47

Após diversas altas registradas na semana, o mercado de suíno vivo fechou com preços estáveis nesta quarta-feira (15). Com os aumentos nos custos de produção, o mercado passa por um momento de recuperação de margens há algumas semanas. 

Para o analista da Safras & Mercado, Allan Maia, a demanda aquecida nesta primeira quinzena contribui para o avanço das cotações em grande parte das praças de comercialização. A tendência é de que o consumo continue positivo, por ser o período de temperaturas mais frias. 

Além disto, as exportações seguem avançando e em crescimento. Segundo dados divulgados pela ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal), os embarques de carne suína (considerando os produtos in natura, embutidos e outros processados) cresceram 40% apenas em maio. O total é de 65,036 mil toneladas. 

“Os custos de produção foram repassados de forma mais significativa em maio, com preços médios quase US$ 150 dólares superiores aos praticados em abril.  Neste contexto, com a retração do consumo interno, os embarques têm dado um alívio para as empresas com a elevação do preço do milho e da soja.  Ainda assim, o setor está em estado de atenção frente ao cenário de desabastecimento e alta de custos”, destaca Francisco Turra, presidente-executivo da ABPA.

Por:
Sandy Quintans
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário