Suíno Vivo: São Paulo e Minas Gerais definem preços estáveis nesta 3ª feira

Publicado em 21/06/2016 18:11

Nesta terça-feira (21), as cotações para o suíno vivo fecharam o dia com estabilidade. Grande parte das praças de comercialização definiram os preços de referência para os próximos com estabilidade, após encerrar as últimas semanas com altas consecutivas. 

Em São Paulo, a APCS (Associação Paulista dos Criadores de Suínos) divulgou que a bolsa de suínos do estado definiu negócios entre R$ 80 a R$ 82/@. Ainda informa que na semana os negócios estiveram entre R$ 78 a R$ [email protected], ou seja, abaixo da referência. Em Minas Gerais, as cotações também fecharam estáveis para a semana, em R$ 4,60 pelo quilo do vivo. O atual preço vale também para Goiás e deve seguir até a próxima segunda-feira (27), quando uma nova reunião deve ocorrer.

A Scot Consultoria aponta que o movimento de ascensão continua para os preços, mas deve ocorrer com menor intensidade. Com a chegada da segunda quinzena do mês, a procura pela proteína tende a diminuir, com frigoríficos buscando não acumular estoques.

Diante deste cenário, a relação de troca para os suinocultores paulistas piorou, devido a alta nos preços do milho em um ano. “Atualmente, em Campinas (SP), compra-se 4,85 quilos de milho com um quilo de suíno, queda de 43,2% no poder de compra do produtor em um ano”, aponta a consultoria.

Por outro lado, com o avanço da safrinha, as cotações devem ceder. Em entrevista ao Notícias Agrícolas, o pesquisador do Cepea, Lucílio Alves, explica que na última semana as cotações chegaram a recuar em até R$ 10/sc em algumas regiões. “Há uma expectativa de que ao longo da semana, se não chover, a colheita avance rapidamente aumentando a disponibilidade interna", explica Alves.

 » Assista a entrevista na íntegra com o pesquisador do Cepea, Lucílio Alves

O que deve reduzir os custos de produção na granja, que por mais um mês registrou alta devido aos preços de milho e farelo de soja. O índice da Embrapa Suínos e Aves subiu em maio, registrando 236,30 pontos, com acréscimo de 5,38% em relação a abril e aumento de 32,35% na comparação anual.

» Acesse as cotações na íntegra para o suíno vivo 

Por:
Sandy Quintans
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário