Suíno Vivo: Cotações voltam a fechar estáveis nesta 4ª feira

Publicado em 29/06/2016 18:18

O mercado de suíno vivo registrou cotações estáveis nesta quarta-feira (29). Apesar dos preços firmes, algumas praças de comercialização tiveram baixas na referência nesta semana, após um período de recuperação.Mesmo com as altas das semanas anteriores, grande parte das regiões trabalha abaixo dos custos de produção.

Nos últimos dias, o Rio Grande do Sul teve uma baixa de preços, segundo aponta a pesquisa da ACSURS (Associação dos Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul). Com isso, a cotação média paga aos produtores independentes é de R$ 3,61/kg – baixa de R$ 0,10 em relação a referência anterior.

Em entrevista ao Notícias Agrícolas, o presidente da ACSURS, Valdecir Folador, aponta que o custo de produção do estado está em R$ 4,20 por quilo do animal vivo, ou seja, bem abaixo da cotação média. O cenário levou produtores a abaterem os animais antes de atingir o peso ideal para reduzir gastos com alimentação, excedendo a oferta e pressionando ainda mais os preços.

» Acompanhe a entrevista na íntegra com o presidente da ACSURS, Valdecir Folador

A expectativa é de que nos próximos meses, as cotações para o milho comecem a ceder devido ao avanço da colheita da safrinha – trazendo um alívio momentâneo aos produtores, já que a oferta não deve ser suficiente para suprir a escassez. Mas por enquanto, ainda é alto os valores praticados para o milho. "Os preços do milho continuam em alta mesmo com a oferta chegando a alguns estados", explica Folador.

Em São Paulo, a situação não é diferente. Segundo informações da APCS (Associação Paulista dos Criadores de Suínos), o atual custo de produção está em média R$ 85/@, enquanto que os negócios estão sendo praticados entre R$ 72,00 a R$ 74,00/@. 

» Acesse as cotações na íntegra para o suíno vivo 

Por:
Sandy Quintans
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário