Indústrias paranaenses de frango pedem recuperação judicial, em meio à queda no consumo

Publicado em 16/08/2016 10:06
267 exibições

A alta nos custos de grãos (milho e soja) e a queda no consumo interno levaram duas empresas paranaenses de carne de frango a pedir recuperação judicial no início deste mês, a GTFoods e a Globoaves, apesar da expectativa do setor de recuperação com a entrada da safra do milho.

O Paraná é o principal estado produtor e exportador de frango do Brasil, sendo responsável por 35% de toda a carne de frango embarcada para o exterior.

O Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar) disse, por meio de nota enviada à CarneTec, que além da alta nos custos de produção, a instabilidade política e econômica do país tem agravado o cenário para o setor, refletindo no consumo interno de proteína de frango.

Segundo o sindicato, “em casos pontuais empresas têm optado pelo amparo legal da recuperação judicial” para renegociar dívidas e se reestruturar.

Leia a notícia na íntegra no site CarneTec

Fonte: CarneTec

Nenhum comentário