Frango Vivo: Cotações seguem estáveis nesta 3ª feira, depois de ajustes em SP e MG

Publicado em 16/08/2016 18:39
67 exibições

As cotações para o frango vivo voltaram a fechar estáveis nesta terça-feira (16). Na semana anterior, o mercado registrou altas significativas em grande parte das praças de comercialização. Com a segunda quinzena do mês, as cotações começaram a se acomodar, por ser o período em que o consumo desaquece.

A Scot Consultoria explica que a tendência para os próximos dias é de preços firmes, visto que a oferta de animais está reduzida, fator que proporcionou altas nas últimas semanas.Com isso, Minas Gerais segue como a região com maior valor de referência, com negócios a R$ 3,45 pelo quilo do vivo. Em São Paulo, o mercado segue estável em R$ 3,25/kg, após subir 8,53% na semana anterior

O Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada) aponta que além do ajuste no lado da oferta, os atuais patamares de preços das demais proteínas também têm refletido nas cotações. “Reflexo dos maiores custos com matéria-prima, os preços da carne também subiram no atacado. O frango inteiro congelado se valorizou 6,5% no Paraná desde o início do mês, comercializado a R$ 4,46/kg”, explica o boletim.

Já o índice de custos de Embrapa Suínos e Aves registrou recuo em julho, segundo informações divulgadas na última semana. O ICPFrango/Embrapa chegou a 225,24 pontos, com queda de 7,05% em comparação com os dados de junho. Deste total, a nutrição teve baixa de 6,72% no mês.

Por outro lado, em relação ao mesmo período de 2015, houve alta de 25,04%, sendo 12,49% no acumulado no ano. Apenas nos últimos oito meses do ano, o quesito nutrição teve alta de 25,17%, devido ao período de escassez de milho (principal componente da ração) que resultou em fortes altas nos custos de produção.

» Acesse na íntegra as cotações do mercado de frango

Por: Sandy Quintans
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário